em

Como criar uma criança criativa

Veja essas 15 dicas práticas para ensinar uma criança a ser criativa no dia a dia
como criar uma criança criativa
Crédito: Freepik

Criar uma criança criativa é essencial para o adulto que ela irá se tornar. Não é só para que ela possa pintar, desenhar, cantar ou dançar bem, é para deixá-la com reações mais rápidas e melhores diante dos desafios da vida.

15 Dicas para criar uma criança criativa

como criar uma criança criativa dicas
Crédito: Freepik

Quando a criança é apresentada a diferentes realidades e conceitos, sendo desafiada a sair da zona de conforto e achar soluções para situações novas, ela estimula as ligações neurais, criando uma rede mais rica e complexa de informações.

Isso vai fazer com que ela consiga resolver problemas mais rapidamente, encontrando soluções alternativas, mais eficazes e eficientes.

1. Ambiente lúdico

Viver em um ambiente sóbrio, excessivamente limpo, onde não se pode mexer em nada, subir, testar e criar, por exemplo, pode acabar prejudicando a criatividade da criança.

Ela precisa de um ambiente lúdico, onde possa mexer nas coisas sem risco, correr sem se ferir em quinas, se olhar e se reconhecer no espelho.

Um ambiente que lhe pertença também e não somente aos adultos, cercado de vida, luz natural, livros, com o cantinho dos brinquedos e espaço – físico e psicológico – para sem quem é.

Veja também: brincadeiras antigas para ensinar aos filhos

2. Desafios

criar uma criança criativa desafios
Crédito: Freepik

Nada de facilitar e dar as respostas! Isso faz com que se crie adultos que esperam a resposta pronta e desistem de encontrar a solução.

Deixe que pense, questione para que ela encontre as respostas sozinha. Crie jogos e brincadeiras que façam com que a criança tenha que pensar e se esforçar para resolver, sempre respeitando o limite de idade.

3. Sair de casa

Uma simples ida ao parque pode fazer toda diferença na hora de criar uma criança criativa e na formação do cérebro dela. É fora de casa que estão diferentes estímulos, como cores, formas, sons e pessoas.

Para os mais crescidos, é essencial que visitem museus, conheçam novos lugares, assistam a shows, peças, concertos, que vivam a cultura.

4. Incentive os questionamentos

Sabe a temida fase dos porquês? Saiba que ela é maravilhosa para o desenvolvimento da criatividade. É com questionamentos que ela vai começar a compreender e fazer ligações a respeito da realidade em que vive.

Isso estimula uma quantidade absurda de ligações neurais, gerando ligações entre conceito, ideias, imagens, novos olhares e muito mais.

5. Questione

Já pensou em questioná-lo também? Faça e se surpreenda com as teorias do porquê o céu é azul. Estimule com suas próprias histórias criativas, dêem muita risada juntos e depois explique o motivo real.

Fazer com que ele pense teorias malucas para coisas comuns do dia a dia faz com que sua mente seja treinada a buscar soluções alternativas, o que é fundamental para a vida adulta.

6. Faça com que pense por si

criar uma criança criativa pense por si
Crédito: Freepik

Alem que estimular as perguntas e respostas, você pode ajudar a criança a pensar por si mesma, questionando as respostas e atitudes comuns do dia a dia.

Não dê todas as respostas, deixe que a criança pense e depois fale. Quando ela estiver contando alguma situação da escola, faça com que ela pense sobre a reação de cada pessoa e qual o motivo pode ter a levado a fazer o que fez.

Respeita as ideias diferentes da criança, mesmo que não estejam de acordo com as suas – claro, tudo no limite do seguro e do razoável. Isso vai estimular a autonomia e criatividade.

7. Evite corrigir

Tudo bem se o boneco saiu com uma cabeça muito grande, com dedos a mais ou a menos. Se o cachorro está maior do que a casa, ou se as pessoas estão voando no espaço, tudo bem.

Enquanto ela está em fase de desenvolvimento de novas habilidades, não corrija as falhas e incentive as similaridades.

Se ficar corrigindo tudo, o tempo todo – como quando estão aprendendo a ler e se corrige cada sílaba errada – a criança vai achar que não serve para ler, desenhar, cantar, etc. e vai deixar de estimular a criatividade.

8. Conte e ouça histórias

Contar histórias para a criança ajuda a criar novas imagens, sons e cores na sua mente, dando um repertório de ideias e palavras ainda maior, facilitando novas criações.

Para criar uma criança criativa, estimule que ela reconte a história depois, ou crie a dela própria, juntando ideias, cores e sons para criar uma narrativa.

9. Cantinho da ‘arte’

criar uma criança criativa cantinho da arte
Crédito: Freepik

O cantinho da arte é o lugar para fazer sujeira! Tem papel, tinta, lápis, argila, giz e quadro negro. É o cantinho onde é permitido picotar papel, usar cola e fazer projetos em isopor.

A criança precisa ter um espaço menos limitado, onde ela sabe que pode criar sem se preocupar com o móvel ou o chão, o que é claro não lhe tira a responsabilidade de limpar tudo no final.

10. Elogie

Parece uma coisa tão simples, mas as pessoas se esquecem de elogiar as pequenas conquistas. Não espere para elogiar quando ele pintar como Picasso, pois poucos chegarão a esse ponto.

Elogie os detalhes que melhoraram, como a criança já está pegando melhor no lápis, pintando dentro do desenho, escrevendo mais palavras na resposta, sendo educado com as pessoas, cantando cada dia mais bonito.

11. Saia da rotina

Fazer a mesma coisa todos os dias, da mesma forma, limita a criatividade da criança. Rotina é essencial, mas não deve ser absoluta.

Fazer um caminho diferente, comer em outro lugar da casa (varandas são excelentes!), fazer a tarefa no escritório dos pais, ler um livro no jardim… São muitas as opções de pequenas mudanças que podem ser feitas dentro da rotina para criar uma criança criativa.

12. Adapte-se aos seus gostos

Se a criança está apaixonada por um desenho específico, um personagem, por pipas ou uma música, utilize isso para estimular a criatividade.

Façam projetos em cartolina recriando o cenário do desenho. Aproveite o gosto da criança para adaptar as atividades e desafios.

13. Leia desde cedo

criar uma criança criativa leia desde cedo
Crédito: Freepik

Leia para seu bebê, isso vai ajudar não apenas na formação do vocabulário, ritmo de leitura, prazer em ler e criatividade, mas também no vínculo de vocês.

Leia para sua criança, de qualquer idade. Os mais velhos adoram vozes diferentes e engraçadas para os personagens, bem como encenações do que está acontecendo.

14. Agenda de criança

Criança não tem que ter uma agenda de compromissos com um adulto. Escola, reforço, ballet, karatê, futebol, canto, sapateado, yoga e pilates.

A criança tem que ter o tempo livre para brincar e criar por ela mesma, gerenciando o próprio tempo entre as atividades que pretende fazer.

15. Fantasias

Fantasiar é fundamental para estimular a imaginação e criar uma criança criativa. Desde a criação de mundos em histórias contadas e encenadas, àquelas escritas, a criatividade encontra abrigo, tornando os dias mais interessantes.

Compre ou faça fantasias para a criança, seja de heroína, herói, vilão ou vilã, seres humanos ou variações. Faça com que eles pensem além, sempre tendo novas ideias e criando novas ligações neurais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
suculentas como cuidar tipos
Suculentas: quais os tipos, como plantar e cuidar
como plantar alho em casa
Como plantar alho em casa? É simples e barato