em

Quais são as contraindicações do melão-de-são-caetano?

Essa é uma planta benéfica para a saúde, quando consumida da forma correta.
contraindicações do melão-de-são-caetano
Crédito: Flickr

O melão-de-são-caetano é uma planta que está se popularizando cada vez mais devido aos seus benefícios à saúde. Entretanto, precisa ser utilizada com cautela, pois existem contraindicações do melão-de-são-caetano. Conheça um pouco mais sobre essa planta e os cuidados que deve ter ao utilizar.

6 Contraindicações do melão-de-são-caetano

O melão-de-são-caetano é uma planta de aparência curiosa: forma-se um pequeno casulo, que em certas variações assemelha-se a um melão, que quando se abre vira uma flor amarela com pequenas sementes vermelhas.

Essa planta é considerada uma erva daninha, pois nasce espontaneamente em terrenos, especialmente baldios, mas também está sendo muito estudada por causa dos seus efeitos para a saúde.

Embora ofereça benefícios como regular a diabetes, desintoxicar o organismo, ser antibacteriano e antiviral, além de ajudar a tratar irritação na pele, todo remédio pode tornar-se um veneno caso seja utilizado de forma errada. Por isso, veja quais são as contraindicações do melão-de-são-caetano.

1. Gestantes e lactantes

O melão-de-são-caetano possui efeito que pode ser abortivo, por isso não é recomendado para mulheres grávidas. Da mesma forma não deve ser ingerido por lactantes, pois pode estimular a menstruação, interrompendo a produção de leite.

2. Mulheres que fazem tratamento para fertilização

Da mesma forma que no caso anterior das gestantes e lactantes, a planta deve ser evitada por mulheres em tratamento para fertilização, exceto se liberado pelo médico, na quantidade que ele recomendar.

3. Pessoas que usam insulina

Aos pacientes diabéticos que fazem uso de insulina, o melão-de-são-caetano deve ser evitado pois pode causar queda da glicose no sangue.

4. Pessoas que se medicam para o colesterol

Tanto pessoas que tomam medicamentos para controle do colesterol quanto aquelas que tomam medicamentos como clorpropamida (para diabetes), devem evitar o consumo da planta pois ela pode potencializar seus efeitos.

5. Pessoas com diarreia crônica

Quando ingerido em grande quantidade, um dos efeitos colaterais do melão-de-são-caetano é a diarreia, pois ele desregula o sistema gastrointestinal. Por essa razão não é recomendado para pessoas que já possuem esse problema, podendo potencializar os efeitos.

6. Crianças

O melão-de-são-caetano não é recomendado para crianças por ser uma planta de efeito muito forte. Se já é contraindicada em vários casos para adultos, acaba sendo perigosa para o organismo sensível dos pequenos.

Dosagem recomendada

Nenhum tipo de remédio, mesmo que seja natural, possui uma única dosagem para todas as pessoas. Não é seguro afirmar que todas as pessoas podem tomar determinada quantidade de xícaras de chá ao dia, por exemplo, pois cada organismo reage de forma diferente.

Dessa forma, para ingerir uma quantidade segura da planta, seja em chá, cataplasma, cápsula ou suco, é recomendado que o médico passe a dosagem correta a consumir, conforme cada caso.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
bife a cavalo
Receita de bife a cavalo tradicional e com queijo muçarela
misturar remédios
Misturar remédios: quando e por que não fazer isso