tratamentos para queratose pilar
Crédito: Freepik
em

Como tratar queratose pilar: uma condição comum que não traz riscos à saúde

Os cuidados com a pele no dia a dia e uma visita ao dermatologista podem ajudar a reduzir, aos poucos, a formação das bolinhas na pele

Publicidade

Também chamada de pele de galinha, a queratose pilar ou ceratose folicular é uma alteração na pele que faz surgirem várias bolinhas avermelhadas ou esbranquiçadas. Essas bolinhas surgem principalmente na parte de trás dos braços, nas coxas, nádegas, bochechas e nas costas.

As pessoas com maior predisposição a essa condição são aquelas com alergias, tipo dermatite atópica, asma, rinite e bronquite, pessoas que usam roupas muito apertadas, que têm a pele muito seca ou que estão com deficiência de vitamina A.

A queratose pilar faz mal para a saúde?

A boa notícia é que a queratose pilar não traz malefícios à saúde, não coça e não dói. É apenas uma alteração causada pela produção excessiva de queratina que se acumula nos folículos pilosos e deixa a pele com uma textura mais áspera e ressecada nos locais afetados.

Publicidade

Tem como tratar?

Como não é uma perigosa nem causa riscos, não há necessidade de tratamento. Se quiser melhorar o aspecto da pele, pode fazer uso de cremes hidratantes. Para saber qual é o melhor tipo de creme para o seu tipo de pele, o ideal é ir ao dermatologista para uma avaliação.

O médico poderá recomendar algum creme com ácido salicílico ou ureia, que removem as células mortas da pele, promovendo uma hidratação mais profunda. Ou, pode recomendar algum creme com ácido retinico ou vitamina A para promover uma hidratação adequada das camadas da pele e, assim, reduzir o surgimento de mais bolinhas.

Outros cuidados que pode ter no dia a dia para evitar mais bolinhas, são:

Publicidade
  • Tomar banho com água morna, nunca quente;
  • Não levar mais de 10 minutos no banho;
  • Hidratar a pele após o banho;
  • Não esfregar a toalha na pele;
  • Não usar roupas muito apertadas;
  • Usar filtro solar quando for se expor ao sol.

É preciso ter muita paciência e aceitar essa condição, pois, mesmo fazendo o tratamento recomendado pelo médico, as bolinhas levam muitos anos para desaparecerem completamente.

Nos casos considerados mais avançados, em que a aparência da pele causa desconforto e prejudica o bem-estar, o médico poderá recomendar tratamentos estéticos como peeling químico e microdermoabrasão, que devem ser feitos no consultório.

Doença de Gaucher

Doença de Gaucher: saiba o que é, quais os sintomas e tratamentos

Como tirar mofo de madeira

Como tirar mofo de madeira sem estragar: veja o passo a passo