em

Como superar a morte de um animal de estimação?

Perder um amigo querido de quatro patas é difícil, mas existem formas de lidar com a situação para superar mais rápido.
superar a morte de um animal de estimação
Designed by Freepik

Não importa por quanto tempo o seu animal de estimação viveu ao seu lado, a perda sempre irá doer, pois nunca se está preparado para vê-lo partir. A ligação criada entre humano e pet é tão forte quanto a que se cria com familiares e amigos. Por isso, se você está passando por uma perda ou acredita que em breve passará, veja algumas dicas de como superar a morte de um animal de estimação.

Dicas para superar a morte de um animal de estimação

Cão, gato, porquinho, coelho, passarinho: cada pessoa tem um animal de estimação com quem criou uma ligação especial. E quando chega o momento da despedida, o coração aperta e a tristeza bate à porta. Embora seja um acontecimento cheio de sentimentos difíceis, ele não precisa ser sofrido, e sim, dedicado a homenagens e boas lembranças. Veja quais são as melhores atitudes a tomar.

1. Compreenda que a vida é uma passagem

superar perda cachorro
Designed by Freepik

Mesmo sentido saudades e tristeza, lembre-se que todos os seres vivos estão nesse plano de vida apenas de passagem. A morte é inevitável. Se o seu pet faleceu porque estava idoso, fique feliz por ter cuidado tão bem dele para que pudesse viver tanto tempo. Se ele se foi por motivo de doença ou acidente, fique feliz também, pois agora ele parou de sofrer.

2. Lembre-se dos bons momentos

Infelizmente ainda não existe uma forma de fazer um pet voltar à vida, e talvez fosse egoísmo fazer isso, já que cada ser tem seu tempo de passagem. Então, como não é possível mudar o fato do falecimento do seu animalzinho, procure manter seu coração aquecido com as boas lembranças dos momentos que vocês compartilharam.

3. Não precisa evitar a tristeza

como superar a perda do gatinho
Designed by Freepik

Se a perda do seu pet é recente, não precisa fingir que nada aconteceu, segurar o choro e procurar não tocar no assunto. Reprimir o que está sentindo é guardar esse sentimento que virá à tona em outro momento. Então, quando sentir saudades pense nele com carinho, se der vontade de chorar um pouco, chore. Viva o luto agora para conseguir se recuperar mais facilmente.

4. Expresse suas emoções

Assim como você não precisa evitar a tristeza da perda, também deve expressar seus sentimentos, caso sinta necessidade. Portanto, essa dica para superar a morte de um animal de estimação é falar com pessoas amigas sobre o que está sentindo e sobre as suas lembranças com seu pet. O objetivo dessa atitude é exteriorizar os sentimentos para conseguir lidar melhor com eles.

5. Proteja as crianças sem esconder o luto

Se você tem crianças em casa que também conviviam com o pet, lembre-se que elas podem ser ainda mais sensíveis do que você sobre esse assunto. O ideal é que saibam a verdade, mas de forma delicada e simplificada, apenas até onde possam compreender. Refletir sobre como irá falar sobre a partida do pet com as crianças também vai ajudar você a interpretar a situação de um jeito mais tranquilo.

6. Quando estiver pronto doe os pertences do pet

como superar perda passarinho
Crédito: Casa dos Pássaros

Depois de viver o luto pelo tempo que sentir necessário, chega o momento de recomeçar. Para isso, o ideal é que você doe os pertences do seu pet para uma instituição ou um amigo que precise. Mesmo que pretenda ter outro animalzinho, talvez seja melhor dar a ele novos pertences, evitando que o sofrimento da lembrança seja maior.

É claro que você não precisa se desfazer das fotos ou não guardar uma recordação, apenas não aja como se o seu bichinho não tivesse partido. Além disso, o ato da doação é muito positivo e vai ajudar você a encher seu coração de bons sentimentos outra vez.

7. Não tenha medo de ter outro animal

Depois da perda de um pet, há quem diga que nunca mais vai ter outro para não precisar superar a morte de um animal de estimação. Mas na verdade, se você tem condições de cuidar de outro pet, essa será uma ótima maneira de canalizar seus sentimentos de forma positiva. Um pet nunca irá substituir o outro, nem é essa a intenção. Mas certamente você voltará a sorrir quando outro bichinho lhe trouxer alegria novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
rins policísticos
Rins policísticos: conheça os sintomas, causas e tratamento da doença
suco detox com gengibre
5 Receitas de suco detox com gengibre: conheça os benefícios da bebida