Como fazer um remolho rápido do feijão
Crédito: Freepik
em

Como fazer um remolho rápido do feijão

Ao invés de um molho e remolho de 6 ou 12 horas, é possível fazer esse procedimento em 1 hora e meia

Esqueceu de deixar o feijão de molho e agora já sabe que vai demorar muito mais pra cozinhar? Veja como fazer o molho acelerado e acabar com esse problema. Mas, aliás, você sabe por que é bom deixar o feijão de molho? Tire todas essas dúvidas agora.

Por que é bom deixar o feijão de molho?

Você já sabe que, quando deixa o feijão de molho por algumas horas antes de colocá-lo para cozinhar, ele cozinha mais rápido. Portanto, esse é um dos motivos do molho. Enquanto ficam na água, os grãos hidratam e amolecem, e é isso que facilita e acelera o cozimento.

Mas além desse motivo, o molho também serve para eliminar toxinas presentes nos grãos, responsáveis por causar uma sensação de inchaço quando são ingeridos. Essas toxinas se desprendem dos grãos e ficam na água. Por isso que você deve jogar fora a água do remolho e depois e colocar uma água nova para cozinhar o feijão.

Fazendo o molho mais rápido do feijão

Um molho normal, mais demorado, pode levar até 12 horas. Mais do que isso não é bom, pois os grãos amolecem demais e podem começar a fermentar. Durante esse molho de 12 ou mesmo de 6 horas, o ideal é trocar a água algumas vezes para ir eliminando as toxinas. Essa troca se chama remolho, pois é um segundo (terceiro, quarto) molho com águas novas.

Mas se você estiver sem esse tempo para fazer o molho e remolho normal, a dica é fazer um molho rápido. Para isso, coloque os grãos de feijão (já escolhidos) em uma panela, encha com o dobro de água e leve ao fogo alto.

Quando ferver, desligue o fogo e tampe a panela. Deixe assim por 1 hora para que os grãos hidratem e amoleçam. Depois, descarte a água, troque por uma nova e coloque para cozinhar.

E se não fizer molho e remolho?

O feijão fradinho é o único tipo de dispensa o molho e remolho. Mas mesmo assim ele vai eliminar toxinas no cozimento que podem acumular gases no seu intestino. Como esse feijão não faz muito caldo e é ideal para servir tipo salada morna, você pode cozinhá-lo, depois escorrê-lo e dar uma leve lavada para eliminar as toxinas que estão em volta dos grãos.

Nos demais feijões, o molho e remolho é uma técnica recomendada porque, se cozinhar direto, além de manter as toxinas na água que já não vai mais ser jogada fora, eles vão demorar muito mais tempo para cozinhar.

Veja também: Conheça os tipos de feijão e seus benefícios para a saúde

O significado místico dos insetos

O significado místico dos insetos

Plantas que vão deixar sua casa mais feliz

5 Plantas que vão deixar sua casa mais feliz