Crédito: Arquivo Pessoal
em

Com doença degenerativa, ela pediu para sair do hospital para ver a formatura do filho

Testemunhe essa linda história de amor e se emocione com os laços gerados pela família

Tantas notícias ruins são propagadas no dia a dia, sendo essencial ver o lado bom da vida e testemunhar atitudes lindas como a dessa mãe. Mesmo com uma doença degenerativa, ela fez o possível e o impossível para ver a formatura de seu filho. Testemunhe essa linda história e se emocione com a magnitude do amor!

Mãe com doença degenerativa vai à formatura do filho

Marielza Lins de Oliveira possui 46 anos e é mãe de Igor, seu filho mais novo que possui 17 anos. Acontece que Marielza sofre de polimiosite, uma doença degenerativa inflamatória que é autoimune e provoca um quadro geral de limitação dos movimentos e da comunicação.

Demorou em torno de 1 mês para que Marielza passasse pelo processo de preparação para realizar o seu desejo: presenciar a formatura de seu filho caçula. Esse desejo virou uma missão para família e equipe médica, como você poderá ver no relato do marido de Marielza, Paulo José de Oliveira:

“Eu fui passar a noite com ela no hospital e vi que estava triste. Começou a chorar. Perguntei se era por conta da doença, e ela me explicou que queria ir na formatura do Igor. Tinha ido na cerimônia da nossa filha mais velha, Tainá, dos sobrinhos… E como não conseguiria ir na dele?”

Como fizeram para ela ir

pediu para sair do hospital para ver a formatura do filho
Crédito: Arquivo Pessoal

Para que você tenha uma ideia de como essa missão foi difícil, Marielza não mexe mais nenhuma parte do corpo, tendo o auxílio da equipe médica para identificar o que ela quer. Assim, com plaquinhas escritas, ela faz pequenos movimentos com a cabeça, para afirmar ou negar alguma frase.

Seu histórico também não é fácil, tendo que passar por uma cirurgia na coluna, antes da manifestação desse quadro geral inflamatório. Ainda por cima, teve uma parada cardiorrespiratória, que a deixou internada por mais de um mês na UTI.

Além disso, o seu marido perdeu o emprego. Imagine o desafio de Paulo para sustentar os filhos e manter o plano de saúde, para garantir que sua mulher não ficasse prejudicada.

Para completar, Paulo foi diagnosticado com câncer de intestino e já está na fase da quimioterapia. Porém, eles mantêm a esperança de que tudo dará certo, com muita fé no futuro!

Todo o empenho valeu a pena e a mãe protetora segurou a mão do seu filho o tempo todo, comovendo a todos que estavam presentes na ocasião. Ela demonstrou uma enorme força de vontade, sem precisar de intervenção, e expressou a força que o amor de uma mãe possui!

Sua imunidade pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

Sua imunidade pode ajudar a combater todos os tipos de câncer

dermatilomania

Dermatilomania: entenda a doença que dá vontade incontrolável de se coçar