clorofito
Crédito: Wikimedia Commons
em

Como cultivar clorofito para decorar e renovar o ar da casa

Essa planta está na lista da NASA como uma das melhores para limpar o ar dos ambientes

O clorofito é uma planta muito bonita para ter em qualquer cômodo da casa. Além desse aspecto, também é uma planta bem interessante para cultivar porque ela tem propriedades que ajudam a limpar o ar dos ambientes. Então, além de deixar a casa mais bonita, também deixa o ar mais puro. Tudo de bom! Saiba mais sobre o clorofito.

Características gerais

características da planta clorofito
Crédito: Construindo Decor

O nome científico dessa planta é Chlorophytum comosum, e além do nome mais comum, também é popularmente chamada de gravatinha.

Essa é uma planta originária da África, por isso se desenvolve muito bem em clima equatorial, mediterrâneo, tropical e subtropical. Ou seja, pode tranquilamente ser cultivada em qualquer região do Brasil.

O clorofito é uma folhagem e considerada uma forração, dessas que você vê preenchendo o chão de jardins, pois é uma planta baixa e com folhas finas e alongadas, que se curvam para baixo. As folhas chegam a ter 30 centímetros.

Clorofito limpa mesmo o ar?

Essa planta é capaz de remover o dióxido de carbono da atmosfera, produzindo oxigênio enquanto faz sua fotossíntese, e é isso que ajuda a renovar o ar, mais purificado.

Outras substâncias tóxicas do ar também são removidas pelo clorofito, como monóxido de carbono e xileno.

Tanto é que essa planta entrou para uma lista feita pela NASA, em um estudo onde eles pesquisaram sobre melhores plantas para limpar o ar nas estações espaciais.

Como cultivar

cultivando clorofito em casa
Crédito: Folhas e Folhagens

É muito fácil cultivar o clorofito, pois essa planta exige pouca manutenção. Você pode plantar uma muda em um vaso pequeno de piso ou de mesa, em jardineiras, vasos suspensos ou no quintal.

É uma planta que se adapta bem ao ambiente interno, mesmo quando se usa ar-condicionado. Só o que não pode é plantar no jardim para forrar o piso e pisar sobre ela, pois nesse caso ela vai morrer.

O cultivo deve ser feito sob sol pleno ou meia sombra. É preciso usar um solo fértil, leve e com bastante matéria orgânica, fazendo regas regulares para não deixar a terra totalmente seca.

Essas regas podem ser de 2 a 3 vezes ao mês em estações frias e 2 vezes por semana nas estações mais quentes. Não precisa colocar pratinho embaixo do vaso, pois a planta não gosta de água parada.

As raízes são grossas e comportam uma boa reserva de nutrientes e de água. Por isso, se por acaso você esquecer de regar sua planta, ainda assim ela deverá se manter viva e saudável por um bom tempo.

Para fazer novas mudas, pode esperar passar o verão, pois depois da floração e frutificação formam-se na planta pequenas mudinhas para replantar.

Pode fazer a divisão de touceiras (separar a planta em mais partes, desde a raiz), ou separar as mudinhas que se formam e replantar.

Para garantir que ela esteja sempre saudável e bonita, é recomendado fertilizar o clorofito duas vezes ao mês, na primavera e no verão.

Veja também: como cultivar costela-de-Adão em casa

pão de micro-ondas

3 Receitas fáceis de pão de micro-ondas para os lanches

abraço de amigos

Vídeo: um gostoso abraço entre amigos de 2 anos de idade