em

Para que serve chá de arruda

Muito tem se discutido acerca dos benefícios do chá de arruda, bem como os riscos envolvidos no consumo da planta. Será que vale a pena arriscar?
chá de arruda
Crédito: Pxhere

A arruda é uma planta tradicional na decoração de jardins, não somente por suas belas folhas verde azuladas, mas também por ser um excelente repelente de insetos (e dizem que de más energias também). Muito tem se falado sobre o chá de arruda também. Veja aqui para que serve e como fazer.

Oriunda da Europa e presente em todo o mundo, a arruda pode medir no máximo 60 cm, com folhas arredondadas e delicadas flores amarelas. Tem um cheiro característico, muito forte e de eficácia comprovada contra os insetos.

Seu extrato já foi utilizado como antiespasmódico, sedativo e até mesmo como abortivo, apesar de todos os riscos envolvidos no processo. Ajuda no tratamento da tuberculose, de feridas mais graves e do baço, entre outras doenças.

Tem em sua composição alcaloides, sendo anti-inflamatório, antiespasmódico, antifertilidade e anti-histamínico, além da rutina que combate os radicais livres.

Apesar dos seus benefícios, possui alta toxidade, sendo necessária muita cautela na ingestão, bem como a indicação direta de um médico, pois esta é uma planta realmente poderosa e perigosa.

Benefícios do chá de arruda

Apesar dos riscos, o chá de arruda apresenta diversos benefícios para a saúde.

1. Analgésico

É bom para aliviar dores dada a sua capacidade analgésica. A presença da quercetina, um poderoso flavonoide, faz com que ela reduza a sensibilidade à dor.

2. Ansiedade e sono

O chá desta planta contém undecanona, metilnonilcetona e metiletilcetona, poderosos calmantes, sendo expelidos até mesmo pelo cheiro da arruda. O chá faz com que os ativos se concentrem, atuando contra a ansiedade crônica.

Dessa forma, ajuda também a dormir melhor, fazendo com que a noite de sono seja mais tranquila e proveitosa.

3. Digestão

O chá de arruda faz bem para o sistema digestivo como um todo, auxiliando no processo digestório e aliviando dores no estômago.

Ele também é recomendado para a eliminação de gases e alguns tipos de parasitas, como vermes do trato digestório e excretor.

4. Antibacteriano

Eficaz no tratamento de infecções na garganta, ouvido e outras de origem bacteriana, o chá pode ser um auxiliar no tratamento.

5. Antiespasmódico

Excelente para ser utilizado após exercícios físicos ou durante a menstruação, pois reduz a cólica e relaxa.

Por outro lado, aumenta o fluxo de sangue eliminado durante o período, sendo recomendada cautela.

Como fazer chá de arruda

Cuidado com a administração do chá, não coloque mais do que o recomendado na receita, pois é uma planta com capacidade tóxica. Além disso, siga sempre as recomendações do seu médico.

Ingredientes

Folhas secas de arruda: 1 colher (chá);
Água: 1 xícara (chá).

Modo de preparo

  1. Coloque a água para esquentar;
  2. Assim que começar a formar bolinhas no fundo da panela, desligue;
  3. Não deixe ferver;
  4. Junte a água e as folhas secas de arruda numa xícara e abafe com o pires;
  5. Deixe esfriar, coe e beba.

O limite é de uma xícara por dia, no máximo 2 vezes por semana.

Contraindicações e cuidados

Como já foi dito anteriormente, a arruda pode ser tóxica e até mesmo levar a óbito. Por isso, use somente com recomendação médica.

Além disso, há outras consequências mais leves, como:

  • Fotofobia;
  • Tremores;
  • Tontura;
  • Fraqueza;
  • Alterações bruscas no humor;
  • Problemas no estômago.

Pode também comprometer o funcionamento dos rins, sendo totalmente contraindicado para pessoas que possuem problemas hepáticos.

Em casos de úlcera, colite ou doenças do trato intestinal, não use a arruda. Gestantes também devem passar longe da planta, pois ela causa aborto imediatamente, trazendo sequelas para a saúde da mãe, podendo inclusive levar à morte.

De forma alguma tome esse chá sem a indicação e acompanhamento de um médico de confiança.

Se quer a arruda adornando seu jardim, veja o vídeo o saiba mais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

organizar garagem
Como organizar garagem: 6 dicas para o ambiente
doencas do sono
As 7 principais doenças do sono