Cansaço na gravidez
Crédito: Freepik
em

Cansaço na gravidez: por que acontece e como combater?

Entenda em mais detalhes o que faz a gestante se sentir tão cansada em certas fases da gravidez, e o que ajuda a se sentir melhor

Publicidade

Uma gestação exige muito do corpo de uma mãe. Para gerar uma nova vida, o organismo se adapta de várias formas e, por conta disso, é normal sentir mais cansaço na gravidez. Mas, mesmo sendo normal, é bom saber por que esse cansaço acontece e o que pode ser feito para se sentir menos cansada ao longo do dia.

O que causa o cansaço na gravidez?

É fácil imaginar a quantidade de energia que o corpo humano gasta para se adaptar e gerar uma nova vida. Então, todo esse processo é o responsável pelo cansaço na gravidez. Mas, especificamente, a mulher se sente mais cansada no primeiro trimestre e no terceiro trimestre. O segundo costuma ser o mais tranquilo nesse sentido.

Cansaço no primeiro trimestre

No primeiro trimestre, o cansaço é grande porque é o início da gestação, quando ocorrem uma série de alterações hormonais e fisiológicas na mulher. O cansaço pode surgir logo nas primeiras semanas, e pode até ser um dos primeiros sintomas de gravidez, caso a mulher desconfie que está grávida, mas ainda não tem a certeza.

O hormônio progesterona altera muito ao longo da gravidez, podendo aumentar em mais de 500%, pois ele é essencial para o desenvolvimento do feto. Mas, ao mesmo tempo, faz a mulher se sentir muito cansada e com sono.

Publicidade

Além disso, condições cardiovasculares, como mudanças no volume e fluxo do sangue ou diminuição da pressão arterial, são comuns nessa fase. Além de estar gerando o bebê, a mulher está desenvolvendo uma placenta, e isso gasta muita energia. São essas condições que provocam uma sensação de sonolência constante, mesmo depois de uma boa noite de sono.

Tem ainda o fato de que a mulher utiliza 20% a mais de oxigênio no processo de gestação, fazendo com que ela respire mais rápido e use parte desse oxigênio só para o bebê e a placenta. Então, qualquer atividade física pode ser muito cansativa, principalmente para as mulheres sedentárias.

Cansaço no terceiro trimestre

Vencida a fase do primeiro trimestre, geralmente as gestantes ganham uma folga do cansaço na gravidez ao longo do segundo trimestre, pois a placenta já se formou e os hormônios se estabilizaram.

Publicidade

Mas, nos últimos três meses de gravidez, o cansaço pode voltar com tudo, agora por motivos diferentes.

Bem, carregar peso é cansativo. No terceiro trimestre a mulher está com um barrigão, no qual vive seu bebê com alguns quilos de peso (cerca de 3kg), além dos 6 a 8 quilos só de água corporal e líquido amniótico. Tem também mais uns 2 quilos da placenta e do útero.

E, junto com o peso extra, tem a compressão dos vasos sanguíneos da pelve e do abdômen, e a restrição de movimentos do diafragma, dificultando a respiração. Tudo isso deixa a gestante fisicamente esgotada.

Publicidade

Outro motivo para o cansaço na gravidez durante o último trimestre é a progesterona, que volta a aumentar sua produção. Esse hormônio atua nos músculos, tendões, ligamentos e articulações do corpo, alterando o seu funcionamento normal, deixando a gestante com dores e lesões osteomusculares.

Por fim, a gestante não consegue dormir direito por causa do barrigão. As posições para dormir ficam bem limitadas ,e se a mulher não estava acostumada a dormir apenas de lado, pode sofrer com isso. Ao mesmo tempo, a bexiga fica pressionada pelo útero e a gestante precisa acordar várias vezes para fazer xixi. Como resultado, já se levanta da cama sentindo cansaço, pois não dormiu o suficiente.

Como aliviar o cansaço na gravidez?

Vendo os motivos que trazem o grande cansaço na gravidez, percebemos que não tem como evitar totalmente que isso aconteça. Mas, existem estratégias que ajudam a reduzir o cansaço e cada gestante precisa testar para saber se vai se adaptar ou não.

Publicidade
  • Em primeiro lugar, a gestante precisa compreender e respeitar as mudanças que estão acontecendo em seu corpo. Então, o melhor a fazer é descansar bastante e evitar esforços desnecessários. Não precisa sentir culpa por estar cansada, pois é absolutamente normal.
  • Outra dica nessa fase de maior cansaço é evitar ir a compromissos onde terá que se esforçar muito, ficar de pé, usar roupas desconfortáveis ou dar atenção a muitas pessoas. É preferível ficar em casa, deixando seu corpo trabalhar em prol do seu bebê.
  • Sempre que sentir sono, durma! Claro, quando possível. O cansaço na gravidez é um aviso de que seu corpo precisa descansar. Apenas faça o que seu corpo está pedindo para você fazer: descanse, durma!
  • Se não puder dormir durante o dia, procure ir para a cama mais cedo à noite. A partir da 16ª semana já é bom começar a dormir de lado para ter um sono mais tranquilo.
  • É importante que a gestante mantenha-se bem alimentada, consumindo tudo o que seu obstetra disser que é importante, mas sem exagero. Tanto o jejum quanto o excesso de comida aumentam o cansaço e o mal-estar.
  • As atividades físicas devem ser mantidas, só que bem leves. Quando são equilibradas, elas ajudam a trazer bem-estar para a gestante, liberando hormônios que estimulam sentimentos de prazer e alegria.

Enfim, todas essas dicas são gerais e cada gestante deve adaptá-las, conforme sua necessidade e as recomendações do seu médico.

Artigo com informações de Dr. Pedro Pinheiro para MD Saúde

Artrite reumatoide

Artrite reumatoide: conheça melhor esse tipo de inflamação

Como fazer guirlanda de Natal

Como fazer guirlanda de Natal barata: tutoriais em vídeo