em

Cabelo de milho: conheça os benefícios para a saúde

Veja como usar essa parte do milho que muita gente descarta.
cabelo de milho
Crédito: Pixabay

Quando se fala em cabelo de milho, de fato está se referindo às fibras, que se parecem com cabelinhos e ficam dentro da espiga do milho quando é aberta após a colheita. Essa parte do vegetal é rica em nutrientes que oferecem benefícios à saúde. Veja a seguir quais são esses benefícios, como usar o cabelo do milho e os cuidados que deve ter.

7 Benefícios do cabelo de milho

benefícios do cabelo de milho para saúde
Crédito: Pxhere

As fibras do milho atuam principalmente no sistema urinário, mas oferecem benefícios à outras partes do corpo, mantendo a saúde em equilíbrio.

1. Tratamento de infecção urinária

Um dos benefícios mais conhecidos do cabelo do milho é no tratamento de infecção urinária. Ele atua como anti-inflamatório, criando uma espécie de revestimento no trato urinário, protegendo contra as irritações que causam a inflamação. Também atua como diurético, estimulando a eliminação da urina, o que acaba contribuindo para a eliminação da inflamação.

2. Efeito diurético

Como mencionado acima, outro bom efeito das fibras do milho é a sua ação diurética, que vai além do tratamento da infecção urinária. Esse efeito também ajuda a eliminar os líquidos retidos no corpo, que causam inchaço e desconforto. Sendo assim, é um bom aliado dentro de uma dieta de emagrecimento, mas deve-se cuidar com o excesso para não causar desidratação.

3. Ajuda a eliminar pedras nos rins

Ainda relacionado ao efeito diurético da fibra de milho, ao estimular eliminação da urina, também está ajudando a melhorar o funcionamento dos rins e a mandar embora os pequenos cálculos que podem crescer e causar muita dor.

4. Estimula a coagulação do sangue

A vitamina K presente no cabelo do milho contribui com o processo de coagulação do sangue que é essencial para prevenir hemorragias ou sangramentos contínuos no caso de uma pancada ou corte.

5. Atua no controle da pressão arterial

Além de manter uma dieta saudável, sem excesso de sal, açúcar nem gorduras trans dos alimentos industrializados, tomar o chá de cabelo de milho vai contribuir para manter a pressão arterial equilibrada.

6. Contribui com o controle de glicose no sangue

A função das fibras do milho no controle da glicose no sangue está no fato de ele contribuir com a produção de insulina, que é a responsável pela distribuição correta da glicose, evitando seu acúmulo e efeitos colaterais.

7. Fortalecimento do sistema imunológico

Para evitar qualquer tipo de doença, o melhor é agir na raiz da prevenção. No caso do corpo humano, o sistema imunológico precisa estar bem preparado, com muitos anticorpos, para impedir o ataque de vírus, fungos e bactérias. Por ser rico em vitamina C, que atua nessa formação de anticorpos, o cabelo de milho é ótimo para o fortalecimento do sistema imunológico.

Como usar cabelo de milho?

receitas chá de cabelo de milho com mel ou limão
Crédito: Pixabay

O cabelo do milho pode ser usado fresco, se você tiver acesso a espigas de milho ainda fechadas, ou pode comprar em saquinhos nas lojas de produtos naturais. As duas formas vão oferecer os benefícios à saúde, mas claro que quanto mais fresco melhor. O que você vai fazer com ele é o chá. Veja duas opções:

1. Chá de cabelo de milho com limão

Uma das formas de uso é fazer um chá com limão para contribuir com o tratamento de problemas inflamatórios, fortalecendo o sistema imunológico, já que o limão é outra rica fonte de vitamina C. Só precisa fazer o chá normalmente, fervendo um pouco de água e depois deixando em infusão com um pequeno punhado de fibras de milho. No final adicione o suco de limão e beba na hora.

2. Chá de cabelo de milho com mel

Como o chá é a principal forma de consumo das fibras de milho, há muitas opções de preparo. A versão com mel também é boa para aliviar as inflamações por causa da ação anti-inflamatórias do mel. O processo é o mesmo para fazer o chá que leva limão.

Contraindicações e cuidados a ter

As contraindicações do uso do chá existem. Ele não deve ser consumido por gestantes e lactantes, nem por homens que estejam com inflamação na próstata e, por conta disso, com dificuldade de urinar. Nesses casos o chá só deve ser usado com recomendação do médico.

Por fim, o uso deve ser equilibrado, consumindo no máximo 3 xícaras ao dia, no caso de tratamento de algum problema urinário, por exemplo. A razão é que, por ser diurético, pode levar à desidratação. Então, enquanto estiver fazendo uso, deve beber bastante água ao longo do dia.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
chá de tanchagem
Para que serve e como fazer chá de tanchagem
banho de alecrim
Para que serve e como fazer banho de alecrim