cabelo branco antes dos trinta anos
Crédito: Freepik
em

Cabelo branco antes dos 30 anos: por que acontece e como lidar

Precisa prestar atenção no estilo de vida que leva para tentar prevenir mais fios brancos antes do tempo

Os cabelos brancos aparecem em idade diferente para cada pessoa. Mas, de modo geral, os primeiros fios surgem a partir dos 30 anos de idade. Por causa dos padrões de beleza impostos pela sociedade, as mulheres sofrem mais com cabelo branco, pois esse é considerado um sinal de envelhecimento e descuido. Mas, o que fazer quando os fios brancos começam a surgir ainda na juventude, antes dos 30 anos?

Fios brancos antes dos 30 anos: por que acontece?

Crédito: Freepik

Um dos motivos para muitas pessoas terem cabelo branco antes dos 30 anos é a genética. Se esse traço for comum na família, pode acontecer, e não representa qualquer problema de saúde. O que acontece é a morte precoce do melanócito, uma célula que dá cor à pele e ao cabelo.

Entretanto, se notar que essa não é uma característica hereditária, o surgimento de fios brancos antes dos 30 anos pode representar outras causas, como altos níveis de estresse no dia a dia, a poluição do ar e uma alimentação deficiente.

Isso acontece porque os melanócitos começam a morrer mais cedo ao serem constantemente atacados por agentes nocivos oriundos do estresse, da poluição (excesso de químicos) e alimentação sem qualidade, pobre em nutrientes que são essenciais para a saúde e renovação das células de todo o corpo, inclusive dos cabelos.

Tem como reverter?

Ainda não existe forma de reverter o surgimento de cabelos brancos, embora haja estudos a respeito, que usam células-tronco como base. Só o que se pode fazer, no caso de os fios brancos estarem surgindo por causas ambientais, como as mencionadas acima, é melhorar o estilo de vida.

Ou seja, no caso do estresse, fazer o possível para reduzir o estresse diário, seja na busca de um trabalho mais satisfatório, de um hobby ou do abandono de atividades excessivas em nome da saúde.

No caso dos poluentes, nem sempre é possível mudar de cidade, caso more em um centro muito poluído, mas é possível tomar cuidado com os produtos químicos de limpeza e cosméticos que utiliza, preferindo opções mais naturais. Abandonar o vício no cigarro também é importante, assim como manter o ar da casa mais limpo com o cultivo de plantas.

No caso da alimentação, procurar manter um cardápio de comida feita em casa, natural, orgânica sempre que possível. Assim, vai conseguir ingerir todos os dias o máximo de variedade em macronutrientes (carboidratos, lipídios e proteínas) e micronutrientes (vitaminas e minerais) para que todas as células do corpo sejam “alimentadas” e se renovem constantemente.

Esses cuidados não podem reverter os cabelos brancos que já surgiram, mas podem retardar o surgimento dos próximos, além de beneficiar a saúde e a qualidade de vida como um todo.

O que fazer para lidar com o cabelo branco?

Crédito: Reprodução/Beleza Retrô

Essa é uma questão que depende unicamente do gosto de cada pessoa. Hoje em dia, com tantas quebras de padrões de beleza, não há mais o que temer quando o assunto é cabelo branco.

Mesmo antes dos 30 anos, ter fios brancos pode ser visto apenas uma marca nas características de cada pessoa. Então, quem estiver bem resolvido e com a autoestima elevada, vai encarar essa característica numa boa.

Inclusive, se quiser deixar os fios brancos ainda mais evidentes e cheios de estilo, é só aderir à tendência do cabelo cinza, que está em alta. Existem várias formas de deixar o cabelo nessa cor, seja todo cinza, misturado com branco, com preto ou com tons coloridos.

Já se quiser apenas esconder os fios, mantendo a cor natural mais discreta do cabelo, outras alternativas são as tinturas e os tonalizantes, que pode aplicar no cabelo todo ou fazer efeitos com mechas ou balayage.

jovens encontram mala com restos mortais

Jovens encontraram corpo em mala ao seguirem desafio de aplicativo

lugares arriscados para ir com crianças

Veja quais os lugares mais arriscados para levar as crianças durante a pandemia