em

Brechó de roupas: vale a pena investir?

Costuma visitar brechós para encontrar peças únicas e incrementar seu guarda-roupa? Veja por que deveria investir nisso!
brechó de roupas
Designed by Freepik

Os brechós de roupas são as lojas que vendem roupas (acessórios e sapatos) usadas e antigas, muitas vezes, peças raras, a baixo custo. Isso faz com que sejam vistos de duas maneiras: com preconceito ou como oportunidade.

Antigamente os brechós eram as lojas de quem não tinha condição financeira para comprar roupas novas. Mas esse conceito está ganhando valor.

Os brechós estão se transformando em uma forma de praticar responsabilidade social, sustentabilidade e consciência.

Se você não se importa com o fato das peças já terem sido usadas, com certeza deveria começar a visitar brechós e incrementar seu guarda-roupa. O que vale é ter paciência e persistência, e só levar o que realmente gostou e vai usar.

Brechó de roupas vale a pena?

Para quem tem receio de comprar em brechó, vale a pena lembrar que este tipo de negócio está cada vez mais interessante, repaginado e moderno.

Isso quer dizer que as lojas se preocupam com a qualidade e a procedência do que vendem, justamente para oferecer uma boa experiência aos clientes.

O legal do brechó de roupas é você ser surpreendido, porque nunca sabe o que pode encontrar no meio de tantos estilos e peças de diferentes épocas.

Então, os brechós valem a pena porque cada visita é uma nova oportunidade de levar para casa peças únicas e que tenham tudo a ver com seu estilo, por um preço bem interessante!

Como encontrar/comprar roupas de brechó

Para aproveitar a visita a um brechó de roupas você precisa garimpar. Veja tudo o que puder, imagine as combinações que pode fazer com as peças que já tem e permita-se ousar no visual.

Outro cuidado que deve ter é não levar peças só porque estão muito baratas ou porque são raras, de grife, mas que você não vai usar. A tendência é que elas fiquem abandonadas, acumulando, e seu dinheiro sendo gasto à toa.

De modo geral, as peças mais cobiçadas em brechós são as básicas, em modelo e cor, porque são mais atemporais e fáceis de combinar.

A regra final é: quando encontrar uma peça que realmente gostar, leve, porque em brechó não tem estoque.

Veja também: Ideias para transformar roupa básica em traje de luxo para festa

Como montar um brechó – loja ou virtual

Se o seu interesse em brechós é no lado empreendedor, veja alguns conselhos para ter ideia de como um brechó de sucesso funciona.

Loja física

  • Se for abrir uma loja física, procure por um local que vá comportar tudo, com espaço para circulação de pessoas (ambientes muito apertados são desagradáveis);
  • Invista em uma decoração interessante, criando um ambiente atrativo, bem como em provadores e um banheiro. Há quem passe horas em um brechó de roupas;
  • O cuidado com as roupas, sapatos e acessórios é essencial para as peças serem cobiçadas. Tudo deve estar limpo, cheiroso e organizado;
  • Compre as peças pensando em oferecer variedade, combinações diferentes, sem preconceito de estilos;
  • Tenha um nível mínimo de exigência quanto ao estado das peças. É importante que os cliente percebam que a loja tem um padrão e podem confiar;
  • Se tiver tempo, ofereça atendimento personalizado, com hora marcada. Vai se surpreender com o resultado de um serviço exclusivo.

Loja virtual

Você pode escolher vender as peças do brechó apenas ou também pela internet. Para ter sucesso dessa forma, alguns cuidados são os mesmos da loja física:

  • O cuidado com as roupas, sapatos e acessórios é essencial para as peças serem cobiçadas. Tudo deve estar limpo e com boa apresentação;
  • Compre as peças pensando em oferecer variedade, combinações diferentes, sem preconceito de estilos;
  • Tenha um nível mínimo de exigência quanto ao estado das peças. É importante que os cliente percebam que a loja tem um padrão e podem confiar.
  • Além disso, para a loja virtual você deve:
  • Fazer uma página para a loja no Facebook (não use seu perfil pessoal nem faça um perfil pessoal para a loja);
  • Capriche nas fotos de cada peça. Elas devem ser feitas com boa iluminação, enquadramento e, se possível, em um modelo;
  • Na descrição das peças coloque tamanho, marca e se elas têm algum defeito. Pode deixar para falar os preços por mensagem privada;
  • Mantenha as fotos atualizadas divulgue promoções;
  • Responda a todas as mensagens, não importa qual o conteúdo. Sempre com seriedade e gentileza;
  • Aceite formas de pagamento que facilitem a vida de quem compra pela internet;
  • Para comprar as roupas que vai revender, anuncie que também compra roupas em bom estado. Quem quer vender também se beneficia. Mas antes de fechar negócio, lembre-se que deverá conferir se a peça tem a qualidade mínima que você aceita. Calcule por quanto vai poder vender e faça sua oferta de compra.

Depois que o negócio estiver lucrando, pense expandir, fazendo um site de e-commerce para profissionalizar as vendas e agregar mais valor à sua loja. Veja estas dicas:

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
apendicite
Apendicite: o que é, sintomas e causas
endocrinologista
Você sabe o que faz um endocrinologista?