em

AmeiAmei

Benefícios do tucumã para a saúde

Você já conhece essa fruta amazônica, que tem sido largamente utilizada na prevenção do diabetes e outras doenças?
Tucumã
Crédito: Wikimedia Commons

Oriundo da Colômbia, esse fruto cresce em palmeiras tem uma cor laranja vivo, quando maduro. Você pode aproveitar os benefícios do tucumã consumindo sucos, sanduiches, tapiocas (ou beiju, a depender de como você chama na sua região) e até mesmo com farinha.

É encontrado mais facilmente na região norte do Brasil, podendo-se aproveitar tanto o fruto quanto o palmito. A madeira é utilizada no artesanato e as folhas são fontes de uma fibra muito resistente, utilizada para fazer redes e cordas. Se você mora em outras regiões, talvez seja mais fácil encontrá-la em forma de suco (vinho de tucumã) ou polpa congelada, para fazer deliciosas receitas de risotos ou bolos.

4 Benefícios do tucumã

São muitos os benefícios do tucumã para a sua saúde. Apesar de ser um fruto bem pequeno, ele é rico em nutrientes fundamentais para o funcionamento do organismo.

Além de combater o diabetes, dado seu alto teor de ômega 3 – uma gordura que reduz o colesterol alto e a inflamação – essa fruta é boa contra infecções por fungos e bactérias, baixa o colesterol, estimula a circulação do sangue e ajuda a evitar o câncer.

E mais: esta fruta é introduzida na criação de produtos cosméticos como máscaras de hidratação capilar, loções corporais e cremes hidratantes.

Fantástico, não é? Conheça 4 benefícios para a saúde.

1. Afrodisíaco

Um bom suco de tucumã pode trazer para sua relação o calor da Amazônia. Rico em nutrientes que estimulam a circulação sanguínea, essa fruta pode facilitar o fluxo para todo o corpo, reduzindo problemas com a disfunção erétil.

Além disso, é uma boa fonte de energia de qualidade, rica em vitaminas e minerais necessários para atividades físicas mais intensas. Vale a pena tomar um suco ou até mesmo testar a receita de risoto, à luz de velas.

2. Combate a acne

Além de combater fungos e bactérias que podem causar inflamações na pele, esse fruto é rico em vitamina C, estimulando o sistema imunológico.

Intensifica também a produção de colágeno, que ajuda na saúde da pele, dando maior vigor, elasticidade e capacidade de recuperação.

3. Reduz o Colesterol

Rico em fibras solúveis, o tucumã é importante para fazer com que o nível de colesterol ruim (LDL) no sangue diminua.

Além disso, a presença do ômega-3 ajuda a prevenir problemas de circulação e no coração, fazendo com que as artérias fiquem mais limpas, sem as temidas placas de gordura.

Para finalizar com chave de ouro, estimula a produção do HDL, mais conhecido como o bom colesterol, fazendo dele um poderoso aliado da saúde.

4. Corpo e pele mais jovens

Não existe uma fonte da juventude, mas essa fruta tem a capacidade de manter seu corpo funcionando corretamente por mais tempo, pois previne a degeneração celular, combatendo os radicais livres.

Sua pele também ficará mais firme, com mais brilho e tenacidade, dado o estímulo na produção de colágeno, além da presença de vitaminas importantes como as A, B e C.

Propriedades nutricionais

tucumã propriedades
Crédito: Wikimedia Commons

O tucumã possui vitaminas A, B1 e C, contendo um elevado índice antioxidante, que é capaz de atrasar o envelhecimento prematuro e reforçar a imunidade.

Essa fruta, ainda desconhecida por muitos brasileiros, é muito consumida no norte do país, e você pode comê-la como fruta natural, em sucos ou em forma de polpa.

A cada 100g desse fruto, você encontra 46g de cálcio, 27g de carboidratos, 262 calorias, 13g de fibras, 10g de gordura monoinsaturada (a boa gordura), 121mg de magnésio, 402mg de potássio, 2g de proteína e 18mg de vitamina C.

Tucumã engorda?

É importante consumir a fruta com parcimônia, fazendo o equilíbrio entre seus benefícios e calorias. Assim como as oleaginosas, o tucumã pode sim aumentar o peso se consumido de forma errada, mas traz suas vantagens também. Equilíbrio é a chave.

Então, que tal aquela receita de risoto, para um dia especial?

Receita de risoto de tucumã

Ingredientes

Arroz para risoto: 500g;
Tucumã em cubinhos: 60g;
Alho: 3 dentes;
Cebolinha: a gosto;
Azeite de oliva: 1 colher de sopa;
Sal: a gosto.

Modo de preparo

  1. Reserve o arroz já lavado e escorrido;
  2. Em uma panela mais larga, refogue no azeite o alho, até dourar;
  3. Acrescente o arroz e refogue por 30 segundos;
  4. Adicione o sal e água fervendo;
  5. Quando estiver borbulhando novamente, adicione o tucumã;
  6. Mexa sempre para não pegar no fundo da panela;
  7. Quando estiver pronto, acrescente a cebolinha e sirva ainda quente.

Contraindicações e cuidados

Mesmo os melhores alimentos podem causar mal, sendo necessário que se teste primeiro se não há alergia com relação a eles.

O fruto deve ser comprado em fornecedores de confiança, pois já aconteceram casos de contaminação por carbureto – um produto químico colocado nas frutas verdes, para que elas amadureçam mais rápido.

A aplicação de carbureto é ilegal e pode intoxicar quem consome, sendo assim fundamental que escolha um local adequado para adquirir suas frutas e vegetais.

Escolha bem e não deixe de aproveitar as fantásticas frutas que a natureza brasileira oferece a todos.

Gostou das dicas? Compartilhe! E se você sempre quis conhecer a Amazônia, mate essa vontade assistindo ao vídeo:

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

One Comment Leave a Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

Jiló
5 Importantes benefícios do jiló
para que serve chá de dente-de-leão
Chá de dente-de-leão: para que serve e como fazer