em

10 Benefícios da meditação para a saúde do corpo e da mente

Conheça os principais benefícios, cientificamente comprovados, dessa prática para seu corpo e mente
quais os benefícios da meditação
Crédito: Freepik

Você conhece os benefícios da meditação? Pois saiba que eles já foram atestados através de métodos científicos, sendo mais do que comprovados. Meditar não tem nada a ver com religiosidade – você não precisa ser um monge ou monja para meditar! Basta estar tentando buscar uma melhora nas suas condições físicas e mentais.

Meditar é estar presente, provocando a sua mente para que ela possa se desenvolver em plenitude, oxigenando todo o corpo e turbinando o seu cérebro para as atividades do dia.

O que é meditação

Meditar não é silenciar a mente, pois ela é maravilhosamente rica em ligações neurais, que acontecem a todo instante. É respirar de forma correta, corrigir a sua postura, vivenciar o momento. Você pode meditar enquanto caminha, toma banho, bebe um café ou chá no intervalo do trabalho, etc. Basta querer.

Não precisa desligar a mente e entrar em alfa, basta reduzir e observar os movimentos da sua mente, de forma plena, como diz a Monja Coen no vídeo.

10 Benefícios da meditação

1. Desenvolve três áreas do cérebro

De acordo com um estudo realizado em Harvard, a prática diária da meditação, realizada por apenas 8 semanas pode trazer diversos benefícios.

Entre eles, está o aumento da massa cinzenta e crescimento significativo em três regiões específicas do cérebro:

  • O hipocampo esquerdo é responsável pela memória e aprendizado, sendo assim a meditação eficaz para melhorar sua produtividade no trabalho e estudo, auxiliando a função cognitiva de maneira eficaz;
  • O córtex cingulado superior é o que está relacionado ao processamento das emoções e o efetivo controle das mesmas, sendo fundamental no dia a dia, para que se possa desenvolver uma melhor perceptividade e proatividade em relação ao meio;
  • O temporoparietal é responsável pela sua capacidade de perceber o ambiente, onde se estimulado, desenvolve um olhar com mais empatia e compaixão.

2. Reduz a amígdala cerebral

Esse mesmo estudo confirmou que há uma redução da amígdala cerebral, com a prática constante da meditação.

Isso quer dizer que um dos benefícios da meditação é reduzir a região responsável por fazer você ficar com medo, estresse, ansiedade e outros sentimentos similares.

Com essa redução, há consequentemente um alívio nos sintomas relacionados a esses sentimentos, melhorando a qualidade de vida, mantendo-se por até 6 meses depois de encerrado o projeto de atividades meditativas da pesquisa.

3. Ajuda a tratar a depressão e ansiedade

A prática meditativa ajuda a tratar a depressão, sendo uma excelente aliada aos medicamentos tradicionais.

De acordo com outra pesquisa, pessoas que sofrem com depressão e ansiedade crônica podem se beneficiar com a prática da meditação, tendo os seguintes resultados:

  • Redução do medicamento para controlar e tratar as doenças;
  • Diminuição dos pensamentos negativistas e de morte;
  • Menos disfunções cerebrais;
  • Redução dos níveis de ansiedade e seus hormônios correlatos.

Com tudo isso, vale a pena investir um tempinho durante o dia para manter os sentimentos mais em ordem, concorda?

4. Melhora a saúde do coração

A prática da meditação, de acordo com um estudo de 5 anos com centenas de pessoas com problemas no coração, foi capaz de reduzir em 48% as chances de se ter um ataque cardíaco e AVC.

Além disso, ajudou a reduzir a pressão arterial, fazendo com que vários pesquisados pudessem ter a autorização para encerrar o uso do mendicamento para isso.

5. Melhora a saúde do corpo

benefícios da meditação
Crédito: Freepik

Esse mesmo estudo afirmou que as práticas meditativas ajudam a manter o corpo mais saudável e equilibrado, reduzindo as inflamações e fortalecendo a imunidade em 65%.

Ela também ajuda a recuperar mais rapidamente as células do organismo, aumentando a energia em 50%, o que aumenta a qualidade de vida.

6. Prolonga a juventude

Elizabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak  são os ganhadores do Nobel de Fisiologia e Medicina de 2009 por uma descoberta que encantou o meio científico: a fórmula da juventude.

No estudo, eles buscaram compreender o que pode reduzir o processo de encurtamento dos telômeros, que causa uma menor habilidade para a divisão celular e consequente envelhecimento.

E foi neste estudo que eles compreenderam que a meditação pode causar mudanças a níveis genéticos, evitando que o DNA se encurte e promovendo a multiplicação celular. Ou seja, você jovem por mais tempo.

7. Alivia as dores

Outro estudo comprovou que o hábito de meditar ajuda a reduzir 40% da intensidade das dores sentidas, funcionando melhor do que um analgésico comum, que reduz cerca de 25%.

Além disso, ajuda a reduzir, ou até mesmo eliminar, 57% das dores no corpo, sendo um excelente aliado em momentos mais delicados da vida.

Então vale a pena praticar continuadamente a meditação, dessa forma você pode evitar ou até mesmo ajudar a passar mais rapidamente, aquela crise de enxaqueca.

8. Auxilia no combate a vícios

Quando se fala em vício aqui, não são somente os mais graves, como o uso de álcool e outras drogas, mas até coisas pequenas do dia a dia, como o hábito de roer unhas ou procrastinar.

De acordo com um estudo realizado em 2014, um dos benefícios da meditação é ajudar a desenvolver o córtex pré-frontal dorsolateral, que está diretamente ligado à persistência e força de vontade. Isso ajuda a eliminar maus hábitos, através do desenvolvimento de novos mais saudáveis e da vontade de vencer.

O estudo acompanhou dois grupos que estavam em uma clínica de recuperação; o primeiro grupo praticava a meditação e o outro, não. O que se observou é que, no segundo grupo, as recaídas depois do tratamento foram de 20% enquanto os que praticavam a meditação, foram de apenas 8%.

9. Aumenta a produtividade

De acordo com um estudo realizado em 2010, praticar meditação de forma contínua pode favorecer o aumento da produtividade em diversas áreas da vida.

Isso acontece não somente pelo desenvolvimento das zonas cerebrais responsáveis pelo desenvolvimento cognitivo, mas também pela maior capacidade de concentração desenvolvida.

Além disso, ajuda a controlar a tensão e reduzir as distrações, fazendo com que o tempo seja melhor aproveitado, focado no trabalho a ser realizado.

10. Contribui para a felicidade

Em 2004, pesquisadores decidiram comparar as ondas cerebrais de monges que praticavam a meditação há um bom tempo e pessoas que nunca tiveram contato, e tiveram uma revelação impressionante.

A quantidade de ondas gama – responsáveis por diversas funções no cérebro, inclusive a propagação de bons pensamentos e felicidade – era muito maior do que a das pessoas que não praticavam.

Como consequência, eles eram mais tranquilos e satisfeitos com a vida, ou seja, felizes!

Está sem tempo? Não se preocupe, pegue 5 minutinhos do seu dia e faça uma meditação bem rapidinha! Veja um exemplo de meditação guiada, uma das formas de meditação existentes. Se não gostar, tente a respiração consciente ou outra que te agrade!

São só 5 minutinhos para começar a experimentar os benefícios da meditação! Tente aí.

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
molho de abacate receitas
10 Receitas de molho de abacate
guirlanda de Natal em EVA
Guirlanda de Natal em EVA: 10 ideias com tutorial