em

É oficial: apanhar é ruim para as crianças

Entenda por qual razão bater nunca é uma saída aceitável
apanhar e ruim para as criancas
Crédito: Pixabay

Entre as diversas culturas, as formas para educar os filhos variam muito. Existem aquelas nas quais bater em uma criança é muito comum. Outras, em que isso é inimaginável. Dito isso, no Brasil, apesar de ser criminalizada a agressão física em crianças, ainda é uma realidade. Conheça o estudo americano que diz que apanhar é ruim para as crianças.

Porque apanhar é ruim para as crianças

apanhar e ruim para as criancas triste
Crédito: Pixabay

Se você acreditou um dia que bater em seus filhos ajudaria a educá-los ou ensinar alguma lição, agora pode tirar esse pensamento da cabeça, pois é oficial: apanhar é ruim para as crianças.

A Academia Americana de Pediatria (AAP) há 20 anos não emitia um comunicado sobre castigos corporais, até recentemente. Em seu mais recente relatório, a organização desencorajou bater em crianças em casa, ao mesmo tempo em que seguia uma linha rígida contra a punição corporal nas escolas.

O motivo é que, não só a tradição consagrada pelo tempo é cruel, como também é ineficaz como meio de mudar o comportamento de uma criança e pode levar a um comportamento ainda mais extremo, o que leva, por sua vez, a uma punição física mais severa.

A AAP baseou sua declaração em 20 anos de pesquisa, que conclui que não há benefícios de comportamento quando se bate em uma criança. Outros estudos descobriram que bater realmente aumenta a ocorrência de mau comportamento, e um pequeno estudo feito por ressonância magnética concluiu que adultos que receberam punição corporal severa quando crianças tinham menos volume da substância cinzenta responsável ​​pela função social e também um menor desempenho de QI em seus cérebros.

apanhar é ruim para as crianças alternativas
Crédito: Freepik

E sem as palmadas, como os pais vão educar seus filhos? O objetivo da disciplina é ensinar às crianças o que fazer para que elas possam se transformar em adultos emocional e socialmente saudáveis, não para fornecer aos pais uma válvula de escape.

A AAP sugere algumas alternativas para disciplinar as crianças em seu site de criação de filhos, HealthyChildren.org, incluindo recompensar o bom comportamento, usar tempos de espera quando uma criança precisa relaxar e estabelecer uma relação clara entre o mau comportamento e as consequências que o acompanham. Usar as palavras certas para educar também é essencial.

A boa notícia é que o século 21 tem trazido uma diminuição acentuada no número de pais que admitem bater em seus filhos. De acordo com o comunicado de imprensa da AAP, “os jovens adultos, independentemente de raça e etnia, são muito menos propensos a endossar o uso de punição corporal do que os pais nas gerações passadas”.

Fonte: American Academy of Pediatrics

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
locais publicos com mais germes
Os 7 locais públicos com mais germes
receitas de mingau de aveia
Receitas e benefícios do mingau de aveia