em

AmeiAmei

Menopausa: saiba o que é e como lidar com esse período

A partir dos 41 anos de idade as mulheres entram em uma nova fase da vida, chamada climatério. O que isso tem a ver com a menopausa? Continue lendo e entenda.

A transformação do corpo humano é algo que nunca termina, desde que nascemos até quando morremos. Ao focar no desenvolvimento das mulheres, temos períodos mais acentuados que dividem as fases da vida. São eles a menarca e o climatério, ou seja, a primeira menstruação e o período antes e depois da última menstruação.

O climatério inicia por volta dos 41 anos de idade e vai até os 65, mais ou menos. Entre essa idade a mulher vive a menopausa, que é a sua última menstruação. A mulher só será considerada de fato na menopausa depois de 1 ano sem menstruar.

Entretanto, antes e depois da última menstruação, ou seja, entre os 41 e os 65 anos na maioria dos casos, muitas alterações hormonais começam a acontecer no corpo da mulher. Essas alterações resultam em mudanças físicas e psicológicas, que podem ser leves ou graves.

É muito importante que as mulheres e suas famílias estejam conscientes sobre essas mudanças para que os sintomas não sejam confundidos ou não evoluam para outras doenças.

Por isso, o ideal é que a mulher visite seu médico quando passar dos 40 anos para fazer um checkup e conferir como está sua saúde. A partir dos resultados, saberá que quando algo diferente acontecer no seu comportamento, provavelmente estará ligado ao climatério.

Quais alterações podem acontecer durante o climatério?

A partir dos 41 anos, a mulher passa por uma importante fase de alterações hormonais, ficando vulnerável a sintomas tanto físicos quanto psicológicos.

É comum começar a sentir mais calor (os famosos calorões), além dos sintomas parecidos com os da TPM, como tristeza, irritabilidade e mudança repentina de humor. Também podem acontecer insônia e lapsos de memória.

É importante ressaltar que essas alterações podem ser incentivadas por outros fatores sociais que costumam acontecer por volta dessa idade, a partir dos 41 anos. Os filhos crescem e começam a sair de casa, o casamento entra em uma nova fase, e tudo isso pode colaborar para quadros de instabilidade emocional, que se intensificam porque a mulher está no climatério.

Mudanças na vida sexual

As alterações hormonais que acontecem no corpo da mulher que vive o climatério podem afetar sua vida sexual. Isso porque a falta do hormônio estrogênio pode reduzir a lubrificação vaginal e deixar a pele da região mais fina e sensível. Com essas mudanças, a mulher pode passar a sentir dor ou dificuldade em manter a relação sexual.

Como resultado, a mulher começa a ficar mais ansiosa e preocupada com o seu desempenho sexual e o desejo também é afetado.

Outro fator a se considerar é quando o marido também vive o mesmo período da vida, ou seja, está na mesma faixa de idade. Como ele também pode estar passando por episódios de disfunção erétil, ambos ficam inseguros e achando que é culpa sua a falta de libido do outro.

Quando a reposição hormonal é recomendada?

A reposição hormonal é especialmente indicada para as mulheres que sofrem com sintomas mais acentuados durante o climatério, visando aliviar estes sintomas e melhorar sua qualidade de vida.

Mas para indicar ou não esse tratamento o médico terá que fazer uma avaliação completa do histórico físico e psicológico da mulher, considerando se ela está no início, no meio ou no final do climatério, por quais sintomas está passando, se possui casos antecedentes de problemas psicológicos e outros acontecimentos atuais na sua vida social e familiar.

Além disso, não existe apenas um tipo de reposição hormonal, podendo variar a dose, a via de administração e o tipo de hormônio, conforme a necessidade e a vulnerabilidade de cada mulher.

Quais mudanças no estilo de vida ajudam a aliviar os sintomas da menopausa?

Fazendo ou não a terapia de reposição hormonal, é interessante que a mulher compreenda que seu corpo está passando por uma transformação natural e que algumas mudanças no seu estilo de vida vão ajudar a passar por esse período com mais tranquilidade e segurança. As principais mudanças são:

Ter um hobby

É uma ótima ideia começar a fazer atividades que lhe tragam prazer, aumentem sua autoestima e estimulem sua criatividade, para ajudar a controlar a ansiedade, a irritabilidade e a instabilidade emocional.

Fazer exercícios

Praticar atividades físicas regularmente, como caminhada, academia, ioga, pilates, hidroterapia, entre outros, irá ajudar na prevenção da osteoporose, da saúde cardiovascular, além de liberar os hormônios do bem-estar.

Mudanças na alimentação

Iniciar uma alimentação mais saudável, prescrita por um nutricionista, é fundamental nessa fase, pois a mulher pode começar a engordar, mesmo se estiver comendo o que já comia antes e não engordava.

O que acontece é que nesse período do climatério (antes e depois da menopausa), o metabolismo também sofre alterações. Ou seja, o corpo não vai mais eliminar gordura como fazia antes, levando ao aumento de peso.

Acompanhamento médico e apoio da família

Então, a combinação de uma dieta especial, do hobby e do exercício físico é fundamental para equilibrar todos os sintomas da menopausa e manter a qualidade de vida da mulher.

Se estiver chegando à fase do climatério, procure seu médico para ter um acompanhamento logo no início e ter uma relação saudável com as mudanças que o seu corpo está passando.

Ter a compreensão e o apoio da família também é muito importante, então compartilhe com eles este artigo para que todos estejam conscientes do que é a menopausa e a relação familiar torne-se cada vez mais unida e feliz.

As informações deste artigo foram baseadas em uma entrevista do Dr. Drauzio Varela com o psiquiatra Joel Rennó Jr., especialista em saúde psicológica da mulher.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
receitas de rocambole de batata
Como fazer rocambole de batata em 3 receitas
Dieta da definição: emagreça e modele o corpo com cardápio flexível.