em

Adesivo anticoncepcional: o que é e como funciona

Conheça essa opção para evitar uma gravidez indesejada
adesivo anticoncepcional
Crédito: Wikimedia Commons

De acordo com a bula do adesivo anticoncepcional mais utilizado no Brasil, ele é “um contraceptivo hormonal em forma de adesivo de material plástico, fino, na cor bege, que é aplicado sobre a pele”. Quando entra em contato com a pele, começa a fazer efeito.

Por não passar nem pelo estômago, nem pelo fígado, entra direto na corrente sanguínea, liberando imediatamente a norelgestromina e etinilestradiol em pequenas quantidades, diariamente, impedindo a gravidez inclusive nos dias de pausa.

Tem 99% de eficácia garantida, ou seja, 1 a cada 100 mulheres por ano de uso correm o risco de engravidar, sendo um percentual bem interessante para contraceptivos hormonais. É importante observar que mulheres acima dos 90 kg não devem utilizar, pois a proteção é menor.

Como funciona

adesivo anticoncepcional como funciona
Crédito: NetDoctor

Em formato quadrado, com 20 cm², ele vai liberando diariamente 203 mcg de norelgestromina e 33,9 mcg de etinilestradiol na corrente sanguínea. Tem validade de sete dias cada um. Ou seja, tem que ser trocado toda semana.

A cada três semanas, é preciso ter uma sem aplicá-lo. Nesse período, os três adesivos trocados irão liberar hormônio suficiente para impedir a concepção por todo o mês, deixando uma folga livre para a menstruação, que deverá ocorrer na semana de descanso.

Vantagens e desvantagens do adesivo anticoncepcional

Como todo método contraceptivo, ele apresenta vantagens e desvantagens no seu uso, seja a curto ou longo prazo. Conheça as vantagens:

  • Praticidade: só precisa trocar uma vez por semana, três vezes ao mês;
  • Eficácia contraceptiva: ele tem a garantia de 99,4% de proteção contra gravidez;
  • Não passa pelo estômago e fígado: cai direto na corrente sanguínea, não atingindo os órgãos, dando menos efeitos colaterais;
  • Não é preciso lembrar dele diariamente: como a troca só é feita semanalmente, não precisa tomá-lo todas os dias, como a pílula;
  • Baixa quantidade de hormônio: entra diretamente na corrente sanguínea, não se perdendo em nenhum momento.

Há, obviamente, desvantagens no seu uso. Ele pode causar:

  • Irritação na pele, no local aplicado, sendo recomendada a troca de local a cada mudança;
  • Dor de cabeça e nas mamas;
  • Instabilidade emocional;
  • Possibilidade de aumento de peso;
  • Tontura;
  • Dor abdominal;
  • Aumento da acne, prurido e irritação na pele;
  • Fadiga e mal estar;
  • Depressão;
  • Espasmo uterino e muscular.

Isso sem contar o aumento da chance de desenvolvimento de doenças como a trombose e muitas outras relacionadas ao uso de anticoncepcionais hormonais pela mulher.

Engorda?

De acordo com a bula, uma pequena quantidade de mulheres tem a chance de engordar ao utilizar o adesivo anticoncepcional, totalizando 2,7%, de acordo com o estudo realizado pela equipe de desenvolvimento do medicamento.

Porém, a médica ginecologista Laura Lúcia diz que não há risco de aumento de peso ao utilizar o contraceptivo hormonal por adesivo. Provavelmente ela está afirmando isso por se tratar de um percentual realmente baixo.

Como colocar e usar adesivo anticoncepcional

O local da aplicação deve estar livre de pelos, cremes hidratantes, protetor solar, óleos e afins para que fixe adequadamente. A pele não pode ter cortes, lesões, sofrer atrito por roupas apertadas que fiquem friccionando.

Os locais de aplicação mais indicados são na parte de cima exterior do braço, na parte de cima superior das costas e na região da calcinha, nas laterais, na frente e também atrás. Cada vez que for trocar, é recomendado mudar o local também.

Na hora de aplicar, lave e seque bem o local e puxe uma das abas de plástico do adesivo, colando delicadamente na pele. Evite o contato da parte adesiva com qualquer coisa ou deixar aberto por muito tempo.

Depois de fixar a metade, retire a outra parte plástica e termine de colar, fixando muito bem, inclusive as pontinhas, para que nada fique sobrando. No local onde estava o outro adesivo, caso seja uma troca, passe óleo de bebê para tirar o resto de cola.

Preço e onde comprar

O adesivo contraceptivo pode ser comprado em farmácias. Ele pode ter o preço entre R$ 80 e R$ 95, a caixinha com três adesivos, que servem para um mês de uso.

Conheça um pouco mais sobre esse método moderno, no vídeo da ginecologista Laura Lúcia.

mortes por alcool
Mortes por álcool crescem entre pessoas com mais de 55 anos
sucos para memória
Os 7 melhores sucos para memória