em

Acidentes com animais peçonhentos: o que fazer ao ser picado?

Ser picado por um animal venenoso requer uma atitude imediata. Você saberia o que fazer? Tire suas dúvidas agora.

acidentes com animais peçonhentos
Crédito: PixHere

Quando ocorrem acidentes com animais peçonhentos é preciso tomar uma atitude imediata, pois dependendo do animal e do estado de saúde da pessoa, o veneno de uma picada pode ser fatal.

O problema é que nem sempre você vê qual animal o picou, apenas sente uma leve dor ou coceira na pele e logo percebe os sintomas. Então, é importante saber reconhecer o tipo de picada e saber o que fazer em cada situação.

Como saber se fui picado por um animal peçonhento?

Os animais peçonhentos são aqueles que injetam veneno nas suas presas, seja para caçar ou se defenderem. Eles fazem isso porque é o seu instinto de sobrevivência.

Mas é importante saber reconhecer a picada e os sintomas para agir imediatamente no caso de acidentes com animais peçonhentos. Cada tipo de picada tem suas características. Veja as principais:

Picada de escorpião venenoso

A picada de escorpiões costuma deixar sintomas como inchaço, vermelhidão e dor no local. Mas pode também ocorrer sintomas mais graves, conforme o organismo da pessoa e a quantidade de veneno injetado. Como dor de cabeça, náuseas, vômito, pressão baixa e espasmo muscular.

Cobra venenosa

Os principais sintomas de mordida de cobra são inchaço e dor no local da mordida, fraqueza, sonolência, aumento gradual da dor e visão embaçada. Em alguns casos, pode haver vômito e desmaio.

Aranha venenosa

Os sintomas da picada das aranhas venenosas mais comuns, são:

  • Viúva-negra: agitação, angústia, contrações musculares, confusão mental, dores, alterações na pressão e nos batimentos do coração, sudorese e rigidez abdominal.
  • Armadeira: sudorese, tremores, dor intensa no local afetado, salivação e náuseas.
  • Caranguejeira: irritação na pele e dor no local da picada.
  • Marrom: náuseas, mal-estar, febre, queimação e inchaço no local da picada, urina escura, necrose (morte total ou parcial no tecido da pele no local afetado.

O que fazer ao ser picado por um animal venenoso?

Por falta de conhecimento, muitas pessoas tomam atitudes erradas ao perceberem acidentes com animais peçonhentos. Portanto, veja quais são os cuidados a ter assim que observar uma picada muito dolorida e que esteja inchando e causando outros sintomas:

  • Levar a pessoa picada imediatamente ao pronto-socorro;
  • Remover anéis, pulseiras, correntes e roupas apertadas que possam trancar a circulação do sangue à medida em que o membro afetado for inchando;
  • Lavar o local da picada com água e sabão ou soro fisiológico;
  • Cobrir o local da picada com um pano limpo, sem apertar. Se for picada de escorpião, aranha-armadeira ou viúva-negra, pode ser uma compressa com água quente para aliviar a dor;
  • Não fazer torniquete, pois pode causar necrose no local afetado por falta de circulação;
  • Não sugar nem espremer o veneno;
  • Não dar nenhum tipo de remédio ou bebida alcoólica para a pessoa picada;
  • Não colocar folhas, terra, pó de café ou qualquer outra substância sobre o ferimento;
  • Não queimar nem cortar o local do ferimento;
  • Manter a pessoa parada, evitando movimentos, para que o veneno não seja mais absorvido.
  • Manter a pessoa calma, pois quanto mais acelerado o coração estiver, mais rápido o veneno vai se espalhar pelo sangue.

Devo levar o animal junto para o pronto-socorro?

Sim, se conseguir capturar o animal em segurança, vivo ou morto, o ideal é levá-lo junto para que o médico possa ver exatamente qual espécie fez a picada. Sabendo qual é o tipo de veneno que está agindo no corpo do paciente o tratamento pode ser mais eficaz.

Se não conseguir capturar o animal, mas conseguir vê-lo, procure observar o tamanho, a cor e o máximo de características possível para relatar ao médico.

Dicas para evitar acidentes com animais peçonhentos

Os animais venenosos procuram ficar em seu habitat natural e só atacam quando se sentem ameaçados. Mas é comum que apareçam em áreas urbanas, especialmente onde há um ambiente propício para que eles se protejam ou se alimentem. Por isso, veja as dicas a seguir do que fazer para evitar acidentes com animais peçonhentos:

  • Antes de se vestir ou calçar os sapatos, observe as peças por dentro e sacuda antes de colocar em contato com o corpo;
  • Não queime terrenos baldios, pois se houver animais peçonhentos alojados, eles sairão do local e poderão ir para as residências;
  • Se tem materiais parados em ranchos, procure mudá-los de lugar com frequência pra evitar ninhos, sempre usando luvas e botas de proteção;
  • Mantenha camas afastadas da parede, e mantenha colchões e roupas de cama sempre limpos;
  • Evite amontoar calçados ou roupas em um canto da casa, mesmo que dentro de armários;
  • Se perceber infestação de roedores, baratas ou outros animais, combata o quanto antes, pois animais peçonhentos são atraídos por eles para se alimentarem;
  • Use tela nas janelas, ralos com grades e frisos ou saquinhos de areia nas soleiras das portas;
  • Mantenha a limpeza do quintal sempre em dia, evitando o acúmulo de mato ou materiais;
  • Cuidado ao andar por construções ou locais abandonados;
  • Não ande descalço;
  • Mantenha o lixo fechado;
  • Ao ver um animal peçonhento, não use inseticida ou ele poderá atacar;
  • Não coloque as mãos em frestas ou tocas de animais;
  • Mantenha os ralos, caixa de gordura e caixa d’água sempre limpos;
  • Ao ver um animal que acredita ser peçonhento, procure se afastar e deixá-lo ir embora sozinho. Se assustá-lo ele vai se sentir ameaçado e atacar.
  • Preserve os predadores naturais que protegem sua casa dos animais peçonhentos, como sapos, corujas e galinhas, caso os tenha.

Conheça os 10 escorpiões mais perigosos do mundo

Para saber reconhecer um escorpião venenoso, nada melhor do que olhar para ele e conhecer suas características físicas. Então, veja no vídeo abaixo como são as espécies mais perigosas. Mesmo que várias não sejam encontradas no Brasil, se você for viajar, já estará alerta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

pintar azulejo

Como pintar azulejo? Passo a passo para duas alternativas

drinks sem alcool

Drinks sem álcool: 10 receitas incríveis para fazer em casa