em

AmeiAmei

Conheça a importância da vitamina D

Ela é fundamental em várias funções do corpo e ajuda a ter uma vida lonfa e com qualidade

Estudos médicos demonstraram que a vitamina D é mais que uma vitamina, ela é um hormônio que atua diretamente em 3% das funções genéticas do ser humano. Ela age, por exemplo, no metabolismo da insulina, na regulação do sistema imunológico, no crescimento e em algumas partes da regulação do sistema cardiovascular.

Mais recentemente, foi descoberto que ela é um dos elementos fundamentais no processo de envelhecimento. Primeiro porque é ela que regula o metabolismo do cálcio, prevenindo a osteoporose e mantendo os ossos fortes; segundo porque a vitamina D atua em diversos processos do metabolismo celular, como a atividade de multiplicação e, além disso, ajuda indiretamente a manter um peso saudável.

Para quem tem doenças degenerativas ou autoimunes, como a esclerose múltipla ou a doença inflamatória intestinal, a presença da vitamina D é muito importante para garantir uma vida mais longa e saudável.

Sol

A melhor forma do corpo adquirir esta vitamina é pegando sol. O problema é que os médicos informam que o tempo de exposição solar varia para cada pessoa. Assim, em média, é preciso tomar sol em uma grande parte do corpo, com protetor aplicado apenas no rosto, na região do colo ou onde houver manchas, no período entre as 10h e as 16h.

As pessoas mais brancas, mais jovens e com o peso ideal podem pegar entre 15 minutos e 20 minutos de sol. Porém, negros, obesos e pessoas mais velhas precisam de um tempo maior. Pode ainda ser necessário tomar comprimidos para completar a quantidade de vitamina que falta.

É preciso ter atenção, pois ficar muito tempo ao sol, sem a devida proteção, pode provocar diversos problemas de pele.

Sintomas da falta de vitamina D

1. Cansaço: sem motivo aparente e constante;

2. Cicatrização lenta: lesões demoram mais tempo para curar;

3. Queda de cabelo: há uma grande perda de cabelo e de pelos do corpo, associada a uma doença chamada alopecia areata, que é autoimune;

4. Infecções repetidas: infecções como pneumonia, resfriados e bronquite estão ligadas à falta de vitamina D, pois ela age nas células da imunidade;

5. Perda óssea: a vitamina preserva a massa dos ossos enquanto ficamos mais velhos;

6. Dor nos ossos e nas costas;

7. Dor muscular: alguns casos estão relacionados com a carência da vitamina D;

8. Depressão: principalmente quando se trata de adultos mais velhos. O uso de comprimidos ajuda a melhorar o quadro da doença.

Importante:

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
Cure problemas digestivos com erva-do-sapo
Conheça 3 remédios naturais contra parasitas no nosso corpo