em

Descoberta incrível para o tratamento do câncer da mama

Sabia que existe a possibilidade de reduzir o câncer da mama, combinando dois fármacos?

Na Conferência Europeia de Câncer de Mama, destinada a descobrir formas de combater o câncer, foi descoberta uma combinação incrível. Segundo os médicos britânicos, com essa combinação é possível eliminar alguns tipos de câncer da mama em apenas 11 dias. A descoberta foi quase que involuntária. Esses médicos fizeram muitos testes com diferentes drogas, utilizadas normalmente pelos pacientes com câncer e, enquanto os operavam para remover o tumor descobriram que ele já lá não se encontrava (apenas se verificou essa ausência do tumor em alguns pacientes). As drogas só resultaram em alguns pacientes, porque apenas alguns deles combinaram os fármacos que lhe vamos falar de seguida.

Uma professora do Instituto de Pesquisa do Câncer de Londres, Judith Bliss, afirmou que a descoberta poderia ter um trágico impacto, uma vez que foi um teste descoberto ao acaso e de um momento para o outro. Uma descoberta tão rápida trás sempre alguma inquietação.

As drogas que deram origem a essa grande descoberta foram a trastuzumab e a lapatinib. Ambas têm como finalidade acabar com a proteína que apressa o crescimento de alguns cânceres de mama, que ocorre nas mulheres – a proteína HER2.

A lapatinib é um inibidor potente que consegue acabar com o efeito da HER2, penetrando dentro de cada célula cancerígena. A transtuzumab é um medicamento que atua na superfície das células cancerígenas.

O tratamento com esses dois fármacos ocorreu em hospitais do NHS (o maior sistema público de saúde britânico) e foi aplicado em mulheres com tumores de 1 a 3 centímetros. Em 11% dos casos, o tratamento foi eficaz (o câncer foi eliminado) e apenas durou 2 semanas. Em outros 17 % dos casos, o tumor diminuiu 5 milímetros.

Judith Bliss contestou ainda que, quem tem câncer na mama HER2 positivo, tem mais hipóteses de o voltar a ter, mesmo depois do tratamento, por isso espera que a toma dessas drogas não aumente essa possibilidade.

A presidente-executiva da Breast Cancer Now, Delyth Morga, comentou também que esperava que a combinação das duas drogas fosse o passo necessário para acabar de vez com câncer de mama HER2 positivo.

Os médicos esperam também que, com esse tratamento, as mulheres não necessitem de fazer quimioterapia e que as drogas consigam atacar e derrotar completamente cada tumor. Arnie Purushotham financiou o estudo e acredita que os resultados trazem perspetivas muito boas e sorridentes para tratar o câncer da mama.

2 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Cachear o cabelo com bexigas

Vídeo de Mustafary fugindo de um cachorro