Tem com tirar micropigmentação que deu errado
Crédito: Freepik
em

Tem como tirar micropigmentação que deu errado?

Precisa pensar bem e escolher um excelente profissional para não se arrepender, pois tirar até dá, mas não é simples nem barato

Publicidade

Na teoria, o profissional que aplica a técnica da micropigmentação precisa estar muito bem treinado. Esse é um trabalho minucioso, que exige firmeza nas mãos, ótima visão e, claro, o conhecimento técnico. Mesmo assim, muitas pessoas saem do salão desapontadas porque a micropigmentação deu errado. Então, será que tem como tirar?

Remoção a laser

Como a micropigmentação é igual a uma tatuagem, a tinta usada é definitiva. Para remover, precisa procurar um dermatologista para usar o laser. Quanto antes procurar o médico, enquanto a tatuagem ainda estiver nova, melhor.

Publicidade

O que o laser faz é fragmentar o pigmento (tinta) em minúsculas partículas. Depois, essas partículas são eliminadas pelos glóbulos brancos do sangue. A dor desse procedimento é no nível da micropigmentação: dói, mas é suportável.

Durante o tratamento com o laser – que exige mais de uma sessão, existe o risco de deixar tons alaranjados ou avermelhados na área. Em alguns casos pode haver um clareamento além do tom natural da pele, na área aplicada.

Publicidade

Remoção com ácido glicólico, tricloroacético ou lático

Essa também é uma solução que precisa ser aplicada por um dermatologista. A função do ácido é remover, como se estivesse lavando, a pigmentação artificial grudada na pele.

Alguns médicos usam o próprio aparelho de micropigmentação para aplicar o ácido de forma mais precisa. Logo na primeira sessão a tinta já fica bem mais clara. Mas, outras sessões precisam ser feitas até chegar ao melhor resultado possível.

Além disso, também é importante saber que nem sempre dá certo. Se a tinta estiver em uma camada muito profunda da pele, só o laser consegue chegar lá. Se optar por utilizar o ácido, precisa saber, ainda, que durante o tratamento podem surgir manchas ao redor das sobrancelhas.

Publicidade

Contraindicações

O médico é quem vai dizer se o paciente pode ou não fazer algum desses tratamentos para tirar micropigmentação. Mas, de modo geral, ambos os tratamento são contraindicados para quem têm doenças autoimunes, gestantes, lactantes, pessoas com vitiligo, psoríase e queloide.

Tem como fazer em casa?

Não há método caseiro, nem com produtos dermocosméticos e nem com ingredientes naturais, que possam ser usados para tirar micropigmentação. Esse é um procedimento delicado, que precisa ser aprovado por um médico dermatologista, já que a tinta está fixada na pele.

dicas antigas de jardinagem

Dicas de jardinagem antigas que valem ouro e devem ser mantidas até hoje

Truque com papel e detergente para lavar vasilhas de plástico

Truque com papel e detergente para lavar vasilhas de plástico