tipos de hemorragia
Créditos: Pexels
em

Quais são os tipos de hemorragia e como tratar esses problemas

Conheça suas características e saiba como reagir em casos de emergência.

Existem diversos tipos de hemorragia. Esse grave problema pode ser resultado de lesões, de feridas ou de doenças. Você deve se manter informado em relação aos sintomas e como agir caso tenha essa complicação em algum momento da vida. Por isso conheça as tipologias de hemorragias e saiba como reagir em casos de emergência.

O que são hemorragias?

Hemorragia é a perda de sangue que acontece após a ruptura dos vasos sanguíneos. Isso pode ocorrer após algum ferimento, lesão ou como consequência de doenças. Quando o paciente tem uma perda de sangue muito alta, diz-se que o corpo do indivíduo encontra-se em choque hipovolêmico.

Esse é um dos estágios mais graves da hemorragia, o que demanda buscar ajuda médica urgente. Caso contrário pode se tornar uma situação irreversível e resultar no falecimento do indivíduo. Veja abaixo quais são os tipos desse problema e como reagir a eles.

Tipos de hemorragia

Normalmente as pessoas acham que hemorragia é uma coisa só. A questão é que existem variados tipos desse problema, sendo alguns mais graves que outros. Isso significa que é preciso estar atento a essa tipologia, a fim de conhecer o que essas complicações podem lhe causar.

Hemorragia interna

É um dos tipos de hemorragia mais graves, por ser difícil de identificar. Uma das formas de hemorragia interna mais comum é a cerebral, que pode resultar em um AVC hemorrágico. Os sintomas que o paciente pode apresentar são:

  • Palidez e fadiga;
  • Pulso rápido e fraco;
  • Respiração acelerada;
  • Muita sede;
  • Pressão baixa;
  • Náuseas ou vômitos com sangue;
  • Confusão mental ou desmaios;
  • Dor intensa na região abdominal;
  • Fraqueza;
  • Sonolência;
  • Frio;
  • Alteração do nível de consciência;
  • Tremores.

O que fazer

Em caso de suspeita de hemorragia interna, deve buscar um pronto-socorro o quanto antes. No hospital será diagnosticado e definido o procedimento cirúrgico a ser feito para conter o sangramento.

Hemorragia externa

A hemorragia externa pode ser facilmente localizada, pois o sangue apresenta-se visível. A gravidade dessa hemorragia depende da região do corpo lesionada. Se for em áreas que tenham muitos vasos sanguíneos, a hemorragia torna-se mais grave, pois há maior fluxo de sangue na região.

O que fazer

Deve-se contatar o serviço de atendimento em emergência o mais rápido possível, pois, a depender do caso, pode vir a ser grave.

Capilar

É um dos tipos de hemorragia mais comum que há, pois acontece no dia a dia devido ao atrito, a escoriações e a cortes. Essas microlesões podem atingir vasos pequenos que se encontram mais próximos da superfície do couro cabeludo.

O que fazer

Este tipo de hemorragia geralmente para sozinha por não ser um caso grave. Ela tende a parar entre 5 a 10 minutos após a lesão. Depois disso, pode lavar o local para mantê-lo limpo. Cubra-o com uma bandagem esterilizada. Caso o sangramento persista, deve-se buscar ajuda médica.

Venosa

Hemorragia venosa é aquela que ocorre como consequência de um corte grande ou profundo que atinge as veias. O sangramento é lento, porém contínuo. A cor do sangue apresenta-se mais escura por não ser a responsável pelo transporte de oxigênio.

O que fazer

Esse tipo de sangramento é grave quando atinge uma veia grossa e é possível pará-la quando aplica-se pressão no local com um tecido limpo e higienizado. Deve-se buscar o atendimento de emergência o mais rápido possível para que não haja risco de infecção, que pode vir a agravar o quadro do paciente.

Arterial

Entre os tipos de hemorragia, esse é o mais grave. Nesse caso são atingidas as artérias, que são responsáveis por transportar sangue e oxigênio até o coração. A hemorragia arterial pode provocar jatos de sangue para locais distantes do corpo e risco de morte. A cor do sangue apresenta-se num vermelho vivo.

O que fazer

Esse tipo de sangramento é gravíssimo e deve-se ir para um pronto-socorro urgentemente. Aplique pressão contra a área afetada para evitar a perda excessiva de sangue. Utilize um tecido limpo e higienizado para não correr risco de infecção e não hesite em ligar para 192 (SAMU), principalmente se o corte for nas pernas ou nos braços.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

sonhar com dinheiro

O que significa sonhar com dinheiro e como interpretar esses sonhos

quais são os sintomas de hemorragia interna

Como identificar sintomas de hemorragia interna e o que fazer