em

AmeiAmei

Tipos de açúcar: conheça as diferenças entre eles

Você fica na dúvida sobre qual açúcar é melhor para a saúde? Saiba agora.

Antigamente existia um único tipo de açúcar na prateleira do mercado, com o qual faziam todos os doces de casa. Mas a diferença é que os doces eram caseiros, com menos conservantes, além do fato de as demais refeições serem mais saudáveis também.

Atualmente a variedade é tanta, assim como a preocupação com a saúde, que chegamos a nos confundir sobre o que é mais ou menos saudável. No caso do açúcar, temos o tradicional refinado, o demerara, mascavo, cristal, orgânico, light e a frutose. Qual será o menos prejudicial?

Qual a diferença entre os tipos de açúcar?

De acordo com nutricionistas e endocrinologistas, a grande diferença entre os açúcares é o seu processo de refinamento. Quanto mais refinado, mais fino e branco. É este processo que deixa o açúcar mais pobre em nutrientes, pois quanto mais refinar, mais vai se perder da sua versão original.

É por isso que os açúcares mascavo, demerara e orgânico são mais escuros e em pedrinhas maiores. No entanto, isso não quer dizer que possam ser consumidos à vontade, pois ainda assim são açúcares. Em excesso, pode acabar gerando doenças da mesma forma. Veja as diferenças entre cada opção:

Mascavo

Esta opção não passa pelo processo de refinamento. Ele é extraído por meio do cozimento do caldo da cana, por isso tem um sabor mais parecido com o desse alimento. Há maior quantidade de cálcio, ferro e sais minerais.

Orgânico

Este açúcar não contém ingredientes artificiais, e não passa pelo refinamento, como o mascavo. Sua coloração também é mais escura e suas vitaminas são mais preservadas.

Cristal

O açúcar cristal é mais claro e em pedrinhas maiores. Ele passa por um processo leve de refinamento, mas que é o suficiente para perderem-se as vitaminas.

Refinado

O mais tradicional de todos, recebe aditivos químicos durante o refinamento, além de perder sais minerais e vitaminas no processo.

Frutose

Este açúcar vem do milho e de frutas e é muito mais doce que as outras versões. É mais natural, mas oferece menos vitaminas.

Light

Essa opção pode ser enganosa, pois possui menos calorias, mas também menos sabor, o que faz com que seja usado em maior quantidade. Sua composição nada mais é do que açúcar refinado com adoçantes artificiais.

Qual açúcar escolher?

Cada pessoa tem uma necessidade diferente, portanto, cada tipo de açúcar vai depender de suas condições. Se para os diabéticos é melhor consumir adoçante, para as crianças, que gastam muito mais energia, o açúcar tradicional é a melhor escolha.

De modo geral, nenhuma opção deve ser consumida em exagero, assim como os alimentos com alto teor de açúcar. Para quem sente grande desejo por doces, é mais provável que o organismo esteja com deficiência de algum nutriente.

Para reduzir esse desejo e melhorar a saúde é muito importante ter uma dieta rica em vegetais, sejam frutas, legumes ou verduras, além de beber bastante água.

Quando quiser comer um doce, deixe para sobremesa, nunca para quando estiver com fome. E opte sempre pelas opções mais naturais possíveis, controlando também a quantidade que irá comer.

Ninguém está livre de problemas como diabetes e obesidade, portanto, é preciso mudar sua visão sobre o açúcar e não vê-lo como uma necessidade, mas sim, como um risco à saúde. Poder comer uma pequena porção por dia, dentro de uma dieta saudável, é muito melhor do que ser proibido por estar doente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

Receita de bolo de nozes com café

Escola permite castigo físico

Cidade americana polemiza ao permitir a volta da palmatória