em

4 testes caseiros que determinam a qualidade do arroz

Já pensou que em vez de comer arroz você pode estar comendo plástico?

A China é o país que mais produz e exporta arroz. Isso tem feito com que durante muitos anos tenhamos consumido arroz sem questionar a verdadeira natureza dos alimentos que colocamos em nossos pratos. Porém, cada vez mais os grandes produtores de arroz recorrem a pesticidas e outros químicos nocivos, que põem em causa a qualidade de seus produtos.

Está comendo arroz ou plástico?

Esse cenário já é alarmante o suficiente, mas essa é uma história que só tende a piorar! De acordo com uma reportagem assustadora, da autoria do The Korea Times, tem até fabricantes que produzem o seu arroz de forma artificial! Nesses casos, não é arroz que é exportado mas sim uma mistura de plástico e fécula de batata. Um produto artificial, cujo consumo poderá pôr em perigo a saúde do organismo.

Já alguma vez pensou que poderia estar comendo plástico, em vez de arroz? Claro que não! E agora que sabe que isso pode acontecer, o que vai fazer?

Recorra a esses 4 testes simples, que vão permitir saber se o arroz que tem armazenado em sua casa é do bom ou do artificial.

Testes caseiros que determinam a qualidade do arroz

1. O teste da água

Peque em alguns grãos de arroz e despeje em um copo com água fria. Com a ajuda de uma colher mexa o arroz. O arroz afundou? Então pode consumir sem receios! Mas se os grãos ficarem boiando na superfície, isso não indica coisa boa!

2. O teste do pilão

Para saber se o arroz que você está usando é verdadeiro ou artificial faça esse teste simples, com um pilão.

Esmague os grãos de arroz com o pilão. Se o resultado for um pó fino, branco e feculento, tudo tranquilo. Se o arroz for artificial o resultado será um pó amarelo.

3. O teste do fogo

Ateie fogo em um punhado de arroz, com um fósforo ou até mesmo um isqueiro. Se ele pegar fogo sem dificuldade e começar libertando um odor a plástico, só pode ter um significado! Fácil de adivinhar, não é? Esse arroz não poderia ser mais artificial! Por isso, o melhor é não comer!

4. O teste do mofo

Essa é uma daquelas situações em que o surgimento de mofo é, pasme-se, coisa boa! Nesse caso, o mofo é que vai atestar se o arroz que você escolheu está ou não em boas condições para ser consumido.

Coloque um pouco de arroz cozido em um recipiente e vede bem. Coloque o recipiente em um local quente. Deixe passar dois dias e verifique o estado do seu arroz. Ganhou mofo? Então isso significa que é arroz de qualidade. Só o arroz adulterado é que não ganha mofo.

Faça esses testes. Não se deixe enganar pelos grandes fabricantes!

Compartilhe! Ajude a expor esse engodo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

Pavê de banana com caramelo
Suco de beterraba e salsinha para combater as varizes