em

Retração gengival: o que é, causas e tratamento

Fique de olho nos seus dentes. Percebeu que eles parecem maiores? Tem sensibilidade? Saiba se pode ser gengiva retraída.
retração gengival
Designed by Freepik

O sorriso é nosso o cartão de visita, essa frase é verdadeira. Através do sorriso uma pessoa pode encantar ou afastar os outros. Por isso, temos que dar para a saúde bucal, a mesma atenção que damos para a saúde do restante do corpo. Com relação à saúde bucal, a gengiva retraída (ou retração gengival) é um dos problemas que precisa conhecer: ela gera mudança estética e se não for tratada pode causar perda dentária.

O que é gengiva retraída?

A gengiva retraída acontece quando o tecido da gengiva que protege o dente se retrai e desce, deixando a raiz à mostra.

Além do incômodo estético que causa, a retração gengival provoca aumento da sensibilidade no local, pois a raiz do dente não está protegida, e também pode causar mau hálito.

Junto com estes sintomas, aumenta o risco de desenvolver inflamação na gengiva e em casos sérios, leva à perda do dente.

Ela pode ocorrer em um ou mais dentes e começa devagar, retraindo um pouco ao longos dos anos, conforme o caso.

Quais são as causas da retração gengival?

A retração gengival não tem uma única causa, mas os especialistas sabem que ela ocorre em pessoas com gengiva curta ou muito fina, que então se retrai porque não é suficiente para cobrir toda a raiz.

Se a causa for genética, não há como evitar. Se não for, é possível prevenir, mantendo a saúde bucal bem-feita, pois quando não cuida dos dentes e desenvolve placa bacteriana, a gengiva também se retrai.

Faz parte da prevenção, ainda, tomar cuidado com a escovação e com alimentos duros ou pontiagudos, para não machucar a gengiva.

Quando uma pessoa tem os dentes muito tortos pode acabar desenvolvendo a gengiva retraída, pois ela está fazendo muito esforço ao permanecer na posição errada.

Procedimentos odontológicos também podem desencadear o problema, como colocação de implantes, aparelho, clareamento agressivo ou uma restauração profunda.

Tratamento para retração gengival

Não há uma cura definitiva para a gengiva retraída. Depois que retraiu, não volta mais ao normal sozinha. Mas ainda há opções.

De modo geral, o dentista vai recomendar os cuidados que deve ter para reduzir os sintomas, evitando mau hálito, sensibilidade e infecção.

Também é possível fazer dois tipos de cirurgia: em uma delas o cirurgião vai trazer a gengiva para cobrir novamente a raiz. Na outra ele fará um enxerto para cobrir a região. Mas existe o risco de que ela volte a se retrair depois de um tempo e conforme os cuidados que a pessoa tiver.

O importante é que se notar um início de retração em alguma parte da sua gengiva, procure um dentista o quanto antes para evitar que se agrave.

Veja também: Remédios caseiros para a inflamação das gengivas

Dica: Como escovar os dentes corretamente?

Para que os dentes fiquem realmente limpos é preciso escovar na maneira correta. Acompanhe no vídeo abaixo como deve fazer:

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
comer massa ajuda a emagrecer
Mito ou verdade: comer massa ajuda a emagrecer?
alimentos que previnem o câncer
Alimentos que evitam são os mesmos que causam o câncer