em

Restaurante em SP oferece refeições gratuitas para crianças com câncer e familiares

Saiba como isso aconteceu e como essa atitude mudou a vida de dezenas de crianças.
refeições gratuitas para crianças com câncer e familiares
Crédito: Pxhere

Às vezes é possível ter esperança e fé de que a humanidade tem salvação. Em São Paulo há um restaurante, por exemplo, que está restaurando a compaixão das pessoas. Esse estabelecimento está oferecendo refeições gratuitas para crianças com câncer e familiares. É uma tentativa de oferecer conforto aos pequenos e às famílias em um momento tão difícil.

A origem da ideia

Manoel Almeida, dono do restaurante Sophia Osteria, vê de seu estabelecimento várias crianças carecas acompanhadas de seus familiares. Elas têm câncer e saem do Instituto de Tratamento de do Câncer Infantil, o Itaci. um hospital público que pertence ao Hospital de Clínica da Faculdade de Medicina de São Paulo.

O Sophia Osteria está localizado na Oscar Freire, que pertence a uma área nobre da cidade. Mas mais nobre do que a região foi a atitude de Manoel, que começou a oferecer refeições gratuitas para as crianças com câncer e seus familiares. Colocou uma placa à frente do estabelecimento. A adesão, contudo, foi bastante baixa.

Ele decidiu, portanto, ir ao hospital se informar para descobrir uma forma de aumentar o número de crianças e de familiares. Junto ao hospital, conseguiu criar um plano de divulgação, o que acabou levando mais pacientes e famílias ao restaurante.

Repercussão

refeições gratuitas para crianças com câncer
Crédito: Folha

O Itaci recebe cerca de 70 crianças por dia. O hospital oferece comida a todas elas e a apenas um acompanhante. De todos os pacientes, cerca de 97% tem muito baixo poder aquisitivo.

Uma das pacientes que foi ao Sophia Osteria, Ana Clara, de 8 anos, comeu muito bem, algo que não conseguia fazer no hospital. A mãe afirma que a atitude de Manoel é inspiradora e muito importante para todas as famílias. No caso dela, disse que naquele dia não possuía meios financeiros para alimentar a filha.

Algumas famílias vêm de outros Estados, um número que chega a 30% do total dos pacientes. Como o poder aquisitivo dessas pessoas é baixo, elas raramente conseguem se alimentar fora do hospital. Há casos de crianças, e até de adultos, que experimentar alguns alimentos pela primeira vez em suas vidas!

Os pais e mesmo os funcionários do hospital comentam que esse ato é importante para a autoestima dos pacientes e das famílias. Ao comerem lado a lado com médicos, sentem-se como iguais, merecedores da mesma atenção e do mesmo respeito que esses profissionais.

Histórico de ações sociais de Manoel

O dono do Sophia Osteria tem um histórico considerável de ações sociais. Desde a época em que trabalhava para a Whirlpool, dona da Brastemp, faz esse tipo de trabalho. Na época arrecadou brinquedos para crianças carentes de uma instituição de Barueri, em São Paulo. Ele afirma que aprendeu a ser pequeno, humilde, um grão de areia.

E é assim que ele caracteriza sua atitude: um grão de areia em um deserto. Ele diz não temer prejuízos de qualquer espécie. Para ele, todos têm a ganhar com essa atitude, que, para as crianças e seus familiares, é capaz de salvar tantas vidas quanto as mãos de um médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
como organizar guarda-roupa
Veja como organizar guarda-roupa
fases do amor
Conheça as 5 fases do amor e entenda porque muitos casais se separam na nº 3