em

Radiofrequência: o que é, para que serve e riscos

A radiofrequência promete eliminar as gordurinhas, a flacidez e até as marcas de acne da pele.
radiofrequência
Crédito: Clínica Estética

Falta pouco para o começo do verão, e é justamente nesse período que começa o corre corre para a academia em busca de perder os quilinhos extras conquistados no inverno. Se quiser uma opção mais rápida, aposte na radiofrequência, tratamento estético que elimina gordurinhas e celulite.

O que é radiofrequência?

A radiofrequência é um procedimento que, através da emissão de ondas eletromagnéticas, estimula a produção de colágeno e a regeneração celular, além de acelerar o metabolismo. É eficaz no tratamento de rugas, flacidez, celulite e gordura localizada.

Tipos de radiofrequência

As tecnologias de emissão de ondas eletromagnéticas podem ser do tipo capacitiva, quando possui camada isolante no eletrodo para que o aquecimento seja menos intenso, ou resistiva, quando não há isolante, e o aquecimento é mais forte.

Há três tipos de radiofrequência, que podem ser realizadas com a tecnologia capacitiva ou resistiva. Confira:

1. Monopolar

Quando a manopla possui apenas um cabeçote e uma placa. É mais utilizado para tratamentos profundos, como redução de gordura corporal.

2. Bipolar

Com dois polos na manopla, esse aparelho fecha de um lado para o outro e é usado em tratamentos mais superficiais.

3. Tripolar

São três polos ativos na manopla e as ondas eletromagnéticas não são distribuídas de maneira igual.

Para que serve e benefícios

Ao atingir as camadas mais profundas da pele, a radiofrequência provoca contração do colágeno e elastina e estimula a formação de novas fibras. O resultado é mais sustentação dos tecidos e os seguintes benefícios:

Combate a celulite

O tratamento combate a fibrose, que provoca o acúmulo de gordura e gera os temíveis furinhos, e promove uma drenagem linfática, pois reduz as concentrações de toxinas e células adiposas. Além disso, aumenta a circulação sanguínea, o que também evita esse acúmulo.

Elimina gordura localizada

O aumento da vascularização local faz com que o metabolismo acelere e reduza o tecido adiposo, graças à eliminação de gordura das células do corpo.

Rejuvenesce e trata a flacidez

A produção de colágeno cai com o tempo, e a radiofrequência é um dos tratamentos mais recomendados para reverter essa situação e proporcionar a contração das fibras colágenas e elásticas.

Através das aplicações, a pele se torna mais jovem, firme e viçosa. O tratamento é recomendado tanto para o rosto quanto para o corpo, e vem sendo uma alternativa inclusive na estética íntima.

Reduz a aparência das estrias

As fibras colágenas se reorganizam através das sessões de radiofrequência, o que reduz as estrias e até cicatrizes.

Remove cicatrizes de acne

Quem sofre com cravos e espinhas muitas vezes fica com marcas na pele, o que abala a autoestima. A radiofrequência, através da indução da produção de colágeno, dá um jeito nessa situação.

Riscos e contraindicações

O tratamento não oferece riscos à saúde, mas não é indicado para quem possui prótese metálica no local de aplicação e pessoas obesas. Para mulheres, é bom evitar durante o período menstrual, pois pode aumentar o fluxo.

A temperatura do aparelho nunca deve ultrapassar 42ºC, caso contrário colocará o paciente em risco. O tratamento é suave e não agressivo, mas não pode ser aplicado na região da tireoide.

É bom lembrar que podem ocorrer as seguintes reações fisiológicas:

  • Vasodilatação local;
  • Incremento da circulação sanguínea;
  • Maior aporte de nutrientes;
  • Aumento da atividade metabólica e enzimática;
  • Diminuição da viscosidade;
  • Alteração do tecido colagenoso;
  • Estimulação nervosa.

Como o tratamento funciona

O procedimento é feito com tecnologia tripolar, que aumenta a temperatura do tecido cutâneo entre 39ºC e 42ºC para induzir a produção de novas fibras de colágeno e aumentar a circulação sanguínea e oxigenação no local.

O profissional que realiza o procedimento faz movimentos circulares com o aparelho, permitindo que a temperatura subcutânea se eleve de modo homogêneo.

A radiação de espectro eletromagnético, emitida pelo aparelho, atinge os tecidos mais profundos, mas mantém a superfície resfriada e protegida para conforto do paciente.

A pele recebe um gel de condução para que os disparos realizados pelo aparelho de radiofrequência sejam mais eficazes.

Quantas sessões são necessárias?

Isso depende de cada tipo de pele e dos objetivos do paciente, e só quem pode determinar a quantidade de sessões é o profissional. No geral, são indicadas entre três e 10 sessões para alcançar os resultados.

Para o rosto, o intervalo entre as sessões pode ser de duas a três semanas. Para o corpo, a aplicação pode ser semanal.

Quem pode fazer

O tratamento é recomendado para todos os tipos de pele, em qualquer época do ano.

Quem não pode fazer

Não é recomendado realizar radiofrequência em pacientes com as seguintes condições:

  • Grávidas e lactantes;
  • Varizes e tromboses;
  • Hemofilia e condições hemorrágicas;
  • Febre;
  • Diabetes;
  • Uso de marca-passo;
  • Tratamento recente de peeling;
  • Uso de remédios anticoagulantes.

Cuidados antes e depois

Os cuidados são semelhantes para o tratamento corporal e facial.

Antes e depois da radiofrequência facial

Primeiro, higienize a região da face, pescoço e colo, e depois faça uma esfoliação suave com movimentos circulares. Finalize aplicando um tônico.

É importante não ter nenhuma ferida ou espinha no rosto antes da sessão. Após o procedimento, aplique protetor solar de acordo com orientações do profissional. A maquiagem deve ser evitada por algumas horas.

Antes e depois da radiofrequência corporal

Os cuidados de higienização e esfoliação são os mesmos. Após a sessão, é recomendado passar um creme à base de ácido hialurônico, vitamina C, vitamina E e silício orgânico.

Depois, o paciente deve usar creme e protetor solar recomendados pelo profissional. Em ambos os casos, é bom evitar exposição ao sol por alguns dias.

Preço

Uma sessão avulsa pode custar entre R$ 120 e R$ 200, dependendo da clínica. A maioria dos estabelecimentos oferece pacotes e promoções, nos quais uma série de sessões fica mais em conta do que pagar por sessão avulsa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

Cha de moringa
Para que serve e como fazer chá de moringa
como limpar geladeira
Como limpar geladeira: dicas e passo a passo