Primeiro contato do bebê com a gripe estabelece sua imunidade
Crédito: Freepik
em

Primeiro contato do bebê com a gripe estabelece sua imunidade?

Confira se a primeira exposição do pequeno ao vírus da gripe determina como será sua imunidade no decorrer da vida

Será que o tipo de vírus da gripe a que o bebê é exposto determina a sua capacidade de combater essa mesma doença pelo resto da vida? A resposta a essa pergunta foi dada por pesquisadores canadenses, que confirmaram que a exposição desse vírus realmente influencia na imunidade!

Veja também: com corpo ainda em formação, adolescente grávida compete com o feto por nutrientes

Primeira virose do bebê e sua imunidade

Pesquisadores das universidades de McMaster e Montreal publicaram uma descoberta na revista Clinical Infectious Diseases que retrata um interessante conceito, chamado de impressão antigênica. Segundo ele, a exposição precoce a um determinado tipo de vírus determina características importantes para a imunidade.

Assim, quando o bebê nasce em uma época de predominância de um determinado tipo de vírus, o seu sistema imunológico consegue ter maior resistência a ele. Com base nisso, esses pesquisadores coletaram dados acerca da temporada de gripe de 2018 e 2019 e avaliou quais eram os tipos de vírus predominantes nessas épocas.

Como você pode lembrar, nesses anos houve uma prevalência do H1N1, além da predominância do H3N2. De acordo com os resultados do estudo, o bebê que nascia na época de um desses vírus, teria maior resistência ao seu efeito e teria menor probabilidade de contraí-lo.

Esse estudo é muito importante para que as autoridades de cada local possam ter maior controle para a prevenção de epidemias e para o próprio conhecimento acerca desse ramo, ainda tão misterioso para muitos. Para evitar que você contraia um vírus, conheça algumas técnicas de prevenção.

Dicas para evitar as viroses mais comuns

Embora as autoridades estejam sempre empenhadas em combater epidemias, é importante que você também saiba como se prevenir de um vírus. Por isso, confira essas dicas e comece a aplicá-las em seu dia a dia, mantendo-se saudável.

 Lavar bem as mãos

Lavar as mãos é uma medida importante, já que algumas formas de contágio são por contato. Desse modo, você estará evitando que suas mãos contaminadas toquem locais como olhos, nariz e boca. Faça isso ao chegar em casa, deixando os germes da rua para trás. O mesmo deve ser feito antes de comer.

Hidratar-se adequadamente

A água é essencial para o organismo, sendo vital para a expulsão de toxinas pelos rins. Além disso, a desidratação é terrível para a gripe, já que facilita a entrada de agentes patológicos pelas mucosas secas. Assim, beber água adequadamente colabora para a prevenção, já que fortalece sua imunidade, deixando seu organismo funcionando mais redondinho.

Evitar locais populosos

Em épocas de propagação de alguns tipos de vírus, é importante que se evite locais com grandes multidões que sejam fechados ou tenham pouca ventilação. Por isso, procure evitar festas, ônibus ou metrôs lotados e cenários do tipo. Porém, nem sempre é possível deixar de usar transportes públicos cheios, o que torna as outras dicas muito úteis.

Durmir bem

Dormir bem é excelente para a imunidade, já que as horas de sono são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Por isso, é importante evitar grandes oscilações em seu sono, como dormir às 6 da manhã, ao voltar de uma festa ou trabalhar em um projeto. Uma vez ou outra, isso não faz mal, apenas não pode virar rotina.

número problemas saúde mental

Números de problemas de saúde mental aumentam: saiba como cuidar da sua

aplicativo espião

Aplicativo espião no celular: instalações aumentaram 228% no último ano