em

Por que temos pesadelos e como podemos evitá-los?

Se você anda tendo pesadelos todas as noites, algum problema emocional pode estar influenciando.
por que temos pesadelos
Designed by Freepik

Ter pesadelos é algo comum, mas que ninguém gosta. Afinal, eles trazem desconforto, medo e até podem atrapalhar a disposição ao longo do dia. Mas você já parou para pensar por que temos pesadelos? E mais, será que é possível evitá-los? Veja as respostas a seguir.

O que são pesadelos?

Para falar sobre pesadelos, é preciso falar de sonhos. Os sonhos acontecem quando você entra na fase do sono chamada de REM (Rapid Eye Movement). Essa fase ocorre no início e no final do sono.

Os sonhos são a projeção de imagens e de sons que a mente forma aleatoriamente, de acordo com as vivências ao longo do dia ou de acordo com suas memórias. Infelizmente nem sempre dá para fazer uma ligação entre essas imagens e as lembranças, algo que ainda é um mistério para a ciência.

O fato é que às vezes, em vez você sonhar com coisas boas, você tem terríveis pesadelos que lhe fazem acordar assustado, apavorado e até chorando. Podem ser tão aterrorizantes que não é possível esquecer deles por dias.

Embora seja mais comum que os pesadelos ocorram com crianças entre o quatro e os doze anos, ninguém está livre deles. A razão é que as causas variam muito, sendo que várias delas são parte do mundo dos adultos.

Causas dos pesadelos

No caso das crianças, os pesadelos normalmente estão ligados aos medos que ela têm. Mesmo que a imagem formada no pesadelo não pareça estar diretamente ligada com o que causa medo na criança, ele consegue perturbar seu sono e prejudicar sua rotina. Mas no caso dos adultos, além dos medos, os pesadelos podem ocorrer por outros motivos.

Estresse e ansiedade

Se você vive um momento de grande estresse ou de ansiedade, esse pode ser um dos motivos de pesadelos frequentes. Se possível, trabalhe para solucionar essa questão, mesmo que não consiga sozinho. Nesse caso, procure ajuda médica.

Conflitos internos

As questões emocionais que as pessoas têm vão muito além do estresse e da ansiedade. Como no caso das crianças, os medos também atingem os adultos, mas muitos acabam guardando esses medos para si, o que causa pesadelos e noites perturbadas.

Os medos podem ser dos mais variados, desde medo de ficar sozinho até medo de perder um bom relacionamento. Qualquer tipo de conflito emocional não resolvido pode se manifestar por meio de pesadelos.

Problemas de saúde e desconforto

Doenças também podem gerar pesadelos, pois mantêm a mente preocupada constantemente. Os problemas de saúde geram medo, estresse e ansiedade. Eles atrapalham a rotina e deixam sentimentos ruins gravados na memória, que virão à tona durante o sono em forma de pesadelo.

No caso do desconforto, o pesadelo pode surgir quando se come demais antes de dormir ou quando há muito cansaço físico. Para evitar isso, procure fazer a última refeição até três horas antes de ir para a cama e evite praticar exercícios pesados perto da hora de dormir.

Medicamentos

Existem vários medicamentos que podem causar pesadelos. Mas não adianta suspender esses remédios por conta própria, pois isso também pode causar problemas, além de prejudicar o andamento do tratamento. Nunca modifique sua medicação por conta própria.

Situações traumatizantes

Os traumas vividos ao longo da vida são outra causa de pesadelos. Podem ser traumas da infância que só se manifestam na vida adulta ou traumas recentes. É comum que aconteçam episódios frequentes de pesadelos com pessoas que sofreram um acidente, uma agressão ou uma perda.

Pode ser que os pesadelos ajudem a responder sobre a causa quando você consegue lembrar das imagens que eles trouxeram. Se elas estiverem ligadas ao trauma vivido, já é meio caminho andando para solucioná-los. Mas pode ser necessário o apoio de um profissional que irá aplicar métodos para ajudá-lo a superar o trauma.

Sons do ambiente

Da mesma forma que os sons do ambiente podem entrar em um sonho e deixá-lo mais agradável ou engraçado, também podem transformá-lo em um pesadelo. Por exemplo, quando você está dormindo e alguém liga uma música que lhe irrita ou traz más lembranças.

Como parar de ter pesadelos?

Agora que você já sabe por que tem pesadelos, é hora de saber o que pode ajudar a evitá-los. Como você viu acima nas causas dos pesadelos, muitas delas podem necessitar de intervenção de um profissional. Mas se for apenas o caso de você estar vivendo um momento mais tenso da sua vida ou de ter maus hábitos antes de dormir, as dicas a seguir podem ajudar.

Fale sobre o que sente

Quando o seu dia a dia está muito intenso e situações desagradáveis acontecem, uma boa ideia é conversar com alguém de confiança para desabafar. Pode parecer que não, mas falar sobre o que sente faz muita diferença para conseguir ouvir o que se passa na sua mente e ter outra perspectiva sobre o que fazer para resolver o que lhe incomoda.

Se não o fizer, as angústias vão ficar acumuladas na sua consciência e pode acabar vindo à tona em forma de pesadelos.

Tenha uma rotina

Os pesadelos podem surgir porque o seu dia a dia não tem uma rotina. Ou seja, você não organiza suas atividades e vive sem qualquer programação. Se você vive confortável dessa forma, provavelmente essa não seja a causa dos seus pesadelos.

Mas se gostaria de organizar melhor a sua vida e se sente mal por não conseguir, aí sim pode ser um situação que gere pesadelos, pois é um conflito interno que precisa ser resolvido. Comece mudando seus hábitos, colocando o despertador para ter um horário fixo para acordar.

Depois, estabeleça as tarefas que vai fazer ao longo do dia, de preferência com horários mais ou menos definidos para cada uma, e esforce-se para cumprir. Assim, ao final do dia, você vai ir para a cama com uma sensação de alívio porque fez tudo o que planejou.

Prepare-se para dormir

Outro fator que influencia muito em ter sonhos ou pesadelos é como você se prepara para dormir. Boas dicas que ajudam a dormir melhor são:

  • Não coma nada até três horas antes de dormir;
  • Não beba nada estimulante, como café, refrigerante, energético ou chá com cafeína;
  • Tome um banho quente antes de se deitar;
  • Coloque uma roupa confortável;
  • Prefira ler um livro em vez de ficar olhando para a tela do computador ou do celular;
  • Evite absorver informações perturbadoras, que falem de morte ou de catástrofes;
  • Mantenha o quarto com uma temperatura agradável, bem como tenha um bom colchão e um travesseiro.

Faça exercícios físicos

Embora fazer exercícios muito perto da hora de dormir possa prejudicar seu sono caso fique muito cansado, praticá-los cerca de 6 horas antes de dormir pode ajudar a ter sonhos positivos. Isso porque seu corpo vai precisar descansar, mas já vai ter se recuperado um pouco.

De modo geral, os exercícios ajudam o corpo a gastar energia e a liberar os pensamentos perturbadores. Então, vale a pena fazer o teste e ver como se sente, a menos que tenha restrições médicas.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
economizar energia
10 Dicas de como economizar energia e pagar menos na conta
melancia engorda
Melancia engorda: sim ou não? Saiba a resposta para essa pergunta