pontos de crochê
Crédito: Pexels
em

8 Pontos de crochê para fazer peças lindas e criativas

Se você gosta de fazer trabalhos manuais, não deixe de se dedicar ao crochê

O crochê é uma arte manual que vem passando de geração em geração há milhares de anos em várias partes do mundo. Com o passar de tanto tempo, muitos pontos de crochê foram inventados e adaptados para que novos tipos de peças pudessem ser criadas. Se você tem paixão por esse tipo de artesanato, veja agora lindas ideias de pontos de crochê diferentes e fáceis para começar a treinar.

Veja também: lindos modelos de tapete de crochê para se inspirar

Pontos de crochê diferentes

A versatilidade desses pontos permite fazer peças de todos os estilos, mais abertas ou fechadas, simples ou complexas para você se orgulhar do que fez. Veja essas ideias e lembre-se de investir em linhas de boa qualidade para que o resultado fique perfeito.

1. Estrela

ponto estrela crochê
Crédito: Professora Simone Eleotério

Esse ponto fica lindo em peças como tapetes e toalhas de mesa, também para decorar aparadores. Ele é um ponto mais robusto e é mais fácil de fazer do que pode parecer.

2. Com lápis

ponto lápis crochê
Crédito: Professora Simone Eleotério

O efeito de uma peça com esse ponto fica bem diferente. Deve ser usado em peças que você queira uma textura leve e que seja volumosa. Fica lindo em bolsas, coletes, quadros e outras peças que, de preferência, não fiquem no chão para não estragar.

3. Carneirinho

ponto carneirinho crochê
Crédito: Professora Simone Eleotério

Nem precisa dizer como surgiu esse nome para o ponto, já que parece mesmo um lã de carneiro. Claro que a cor escolhida também ajuda no efeito, mas o fato é que ele fica lindo em peças mantas, cachecóis, cobertores, almofadas e tantas outras.

4. Diagonal

ponto diagonal crochê
Crédito: Professora Simone Eleotério

Para peças grandes, como colchas, mantas, tapetes, também para peças pequenas e firmes, como os porta-panelas, esse tipo de ponto é muito bom. O efeito fica bem bonito combinando cores diferentes.

Pontos de crochê fáceis

Se você é iniciante nessa arte manual, veja quais são os quatro pontos mais fáceis para começar a praticar. Escolha o número da agulha e o fio ideal para o seu trabalho. Se for fazer peças pequenas, use fios de carretel pequeno e agulha mais fina. Se for fazer trabalhos grandes, escolha novelos grandes e agulhas mais grossas.

5. Correntinha

ponto correntinha crochê
Crédito: Wagner Reis

Esse é o ponto mais básico do crochê. A correntinha é utilizada em todos os tipos de peças, como você viu antes nos pontos de crochê diferentes. Fica como uma trança que serve como uma corda de base para fazer os outros pontos. Ela está sempre presente.

6. Ponto alto

ponto alto crochê
Crédito: Wagner Reis

A partir de uma correntinha bem comprida, feita de vários pontos de correntinha, você começa a fazer o ponto alto que fica assim bem preenchido. Ele pode ser usado em uma peça inteira ou para formar desenhos com o seu formato.

7. Ponto baixo

ponto baixo
Crédito: Wagner Reis

Esse é outro ponto bem simples e usado como base para todas as peças. Ele é mais fácil e rápido de fazer do que o ponto alto, por isso também é menor.

8. Ponto baixíssimo

ponto baixíssimo crochê
Crédito: Wagner Reis

Como o nome indica, esse ponto é ainda menor e mais rápido de fazer do que o ponto baixo. Junto com os três pontos anteriores é possível fazer infinitas peças de crochê para decorar a casa inteira e ainda fazer para vender.

nutrição capilar

Nutrição capilar: saiba o que é e como fazer em casa

creme de mandioquinha

10 Receitas de creme de mandioquinha para um jantar reconfortante