em

Existem plantas exóticas que podem fazer mal ao seu bichinho

Descubra alguns riscos ao seu PET que podem estar escondidos no jardim da sua casa

Tenha cuidado com seu animal de estimação, não o deixar brincar no quintal sem supervisão, isso pode salvar a vida do seu pet.

Ter um animal de estimação em casa é saudável para o bichinho como para o dono, algumas pessoas preferem algo exótico, répteis, pássaros ou gatos muito grandes.

Outros preferem simplesmente um pequeno gatinho, mas a maioria das pessoas gosta de ter como companheiro, um cachorrinho.

Talvez seja porque eles são mais carinhosos e muito atentos, ainda mais quando são tratados de maneira carinhosa e como membros da família; alimentando-os bem, dando-lhes o melhor cuidado, levando-os para passear e brincando com eles.

Mas devemos tomar cuidado ao caminhar ou simplesmente deixá-los sozinhos em um jardim, porque os cães agem de forma instintiva e é da natureza sair para explorar qualquer lugar.

Eles gostam de brincar sem  se preocuparem com os perigos.

Alguns veterinários alertam para as precauções a serem tomadas porque há algo prejudicial em quase todos os jardins que podem afetar nossos animais de estimação.

Em quase todos os grandes jardins, há uma grama chamada foxtail, com uma beleza espetacular, os veterinários afirmam que, embora seja bonito também é prejudicial para os cães.

A parte mais perigosas desta planta são suas sementes, que apesar de ornamento ao ambiente,  é algo mortal para nossos animais de estimação.

Todos os cães estão expostos a esse perigo, mas os veterinários dizem que os cães que podem se prejudicar mais são os de pelos longos, uma vez que a semente é mais fácil de ser enrolada em seu pelo e a remoção é mais complicada.

Para evitar que seu cão seja prejudicado por esta planta, a primeira coisa a fazer é verificar se no seu jardim você tem esta planta chamada foxtail, caso sim, você deve eliminá-la para evitar o contato de seu animal.

É importante manter as unhas do seu animal de estimação o mais curtas possível, reduzindo assim a probabilidade de contato com a semente.

Se você notar que seu cachorro está com o nariz avermelhado e espirra constantemente, é provável que ele tenha tido contato com a semente desta planta, é por isso que você deve verificar o nariz para ver se uma semente não foi inalada.

Outros sintomas comuns ao manter contato com esta planta são solavancos na pele, tremedeiras com a cabeça, piscadas constantes dos olhos como se estivesse algo ou alguma coisa perturbando.

Se o seu animal de estimação tiver algum desses sintomas, recomenda-se que o examine, mas no caso de a semente não for encontrada, é aconselhável levá-lo ao veterinário o mais rápido possível para ser examinado e receber a atenção necessária.

Para evitar que seu cão seja contaminado por esta planta, é melhor remover todas as raízes para que não cresça em seu jardim.

Lembre-se de que um animal de estimação não é apenas um animal para manter companhia, mas também é um membro da família e deve ser tratado com amor.

Cuide-o, alimente-o, dê a atenção que merece e mantenha-o saudável.

Compartilhe esta informação valiosa e cuide dos nossos amigos peludos.

Importante: as dicas do site não substituem uma consulta de um veterinário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0

Comentários

comentários

Máscara para tratar acne e cicatrizes

10 maneiras diferentes de tratamento com o gel extraído da babosa