como plantar orquídea no carvão
Crédito: Freepik
em

Pode plantar orquídea no carvão? Veja os cuidados a ter

Saiba quais orquídeas se dão melhor com o carvão e como cuidar com a umidade, que é o ponto principal para ter sucesso

As orquídeas não precisam ser plantadas na terra. Elas gostam de um solo bastante leve, por isso geralmente são plantadas em musgo esfagno, casca de pinus, fibra de coco e até amarradas em árvores, onde se fixam. Seguindo essa lógica, será que pode plantar orquídea no carvão?

Por que escolher o carvão como substrato?

como plantar orquídea no carvão
Crédito: Minhas Plantas

O carvão é uma opção rica em nutrientes para oferecer às plantas, pois é um substrato bem natural, feito da queima da madeira (no caso do carvão vegetal). Então, ele acaba sendo um adubo de liberação lenta para a orquídea. O carvão contém carbono, hidrogênio, compostos orgânicos complexos e materiais inorgânicos.

Além disso, ele não deixa que as raízes das orquídeas fiquem muito úmidas e permite uma boa ventilação dentro do vaso. Isso é ótimo para as orquídeas habituadas em árvores, que não ficam com água acumulada nas raízes. Por consequência, o enraizamento da planta que está no carvão é mais rápido.

O fato de o carvão não deixar as raízes úmidas, pois ele seca rápido, é essencial para preservar plantas saudáveis, já que a maioria dos problemas e doenças com essas plantas acontece por causa do excesso de umidade nas raízes.

Qualquer orquídea pode ser plantada no carvão?

Você pode plantar no carvão qualquer tipo de orquídea epífita, ou seja, todas aquelas que, no seu habitat natural, ficam grudadas nas árvores ao invés de ficarem no solo.

Não significa que nenhuma orquídea de solo possa ser cultivada no carvão, você pode fazer o teste. Mas essa é a recomendação de quem é dedicado ao cultivo das orquídeas e percebe, com os testes que faz, que as epífitas se adaptam melhor ao carvão.

Cuidados com a rega para as orquídeas no carvão

Quando você planta uma orquídea no carvão, precisa ficar mais de olho nas regas, pois o carvão seca com muita rapidez. Então, as regas precisam ser mais frequentes para manter a planta hidratada. Porém, não exagere, pois a capacidade de secagem rápida é um dos principais benefícios em cultivar orquídeas no carvão.

Quando trocar de carvão?

Com o passar do tempo, qualquer tipo de substrato vai ficar velho, mais ácido e com o risco de queimar as plantas. No caso do carvão, depois de uns dois ou três anos, isso pode acontecer. Quando ele estiver seco, observe se está esbranquiçado. Se estiver, troque a planta para um carvão novo.

Precisa adubar?

Sim, mesmo estando plantada em um composto rico em certos nutrientes, o carvão não é completo. Então, pode adubar com adubo químico ou orgânico. O bokashi é um bom adubo para colocar dentro de uma trouxinha e deixar sobre o carvão. Em cada rega ele vai sendo liberado aos poucos para as raízes, e quando acabar você coloca uma trouxinha nova.

Veja como colocar a sua orquídea no carvão:

Máscaras que não protegem da covid

3 Máscaras que não protegem da covid-19 (e quais protegem!)

reaproveitar gavetas na decoração

Ideias lindas e criativas para reaproveitar gavetas na decoração