planta espada-de-são-jorge dicas para cuidar
Crédito: Wikimedia Commons
em

Como cultivar planta espada-de-são-jorge em casa

Essa é uma das plantas mais fáceis e versáteis de cultivar, além de ajudar a limpar o ar da sua casa

A planta espada-de-são-jorge é bem popular e está presente na maioria das fotos de Instagram e Pinterest quando você procura por decoração com plantas. Mas não é porque ela está na moda só agora. A espada-de-são-jorge é daquelas que você via nas casas das tias e avós antigamente, perto das samambaias, e é a planta que decora lojas e consultórios. Então, que tal aprender tudo de mais importante para cultivar essa planta na sua casa ou no seu espaço de trabalho? Veja essas dicas.

Características gerais

A planta espada-de-são-jorge é uma suculenta nativa da África. Seu nome científico é Sansevieria trifasciata. O grande benefício no cultivo dessa planta é sua facilidade de adaptação a diferentes climas e ambientes.

Embora seja uma planta de climas mais secos, ela sobrevive muito bem em locais mais úmidos. Tudo vai depender da atenção que você der a ela, permitindo que essa adaptação seja tranquila.

Além disso, ela está na famosa lista da NASA de plantas que mais ajudam a despoluir o ar dos ambientes. Essa é mais uma vantagem para cultivar a espada-de-são-jorge na sua casa ou trabalho.

Talvez seja por isso que essa planta tenha a fama de ser a protetora dos ambientes, afastando os maus fluidos e energias negativas.

Diferenças entre planta espada-de-são-jorge e espada-de-santa-bárbara

Se você fica na dúvida sobre a diferença entre essas duas plantas, saiba que são a mesma. O que muda é a aparência. A espada-de-santa-bárbara é aquela que tem as bordas amarelas, chamada de variegata. Inclusive, dependendo de como a sua planta for cultivada, uma pode dar origem à outra, ou seja, você tem uma espada-de-são-jorge que pode começar a dar folhas de espada-de-santa-bárbara.

Iluminação

iluminação para a planta espada-de-são-jorge
Crédito: Super Botânica

No quesito iluminação a planta espada-de-são-jorge comprova, de novo, sua versatilidade. Você pode deixá-la no sol pleno, na meia sombra ou mesmo nos ambientes com menos luz e mais umidade, como o banheiro. Nesse caso, lembre-se que ela não vai precisar da mesma quantidade de água que precisaria ao ficar sob sol pleno.

Solo ideal

Solo arenoso, com terra vermelha, terra preta e mais úmido. Você pode plantar a sua espada-de-são-jorge em todos esses tipos de solo, pois é quase 100% de chance de que ela vai vingar bem. Não tem nada de especial que precisa fazer para essa planta enraizar.

Regas

Como já deu para perceber, essa planta praticamente não tem exigências. Quanto às regas é a mesma coisa. Se você esquecer de regá-la por algum tempo, é provável que ela continue saudável, pois armazena água sozinha para se manter por um tempo. Se estiver em um solo úmido ou direto no jardim, pegando sol e chuva, aí mesmo que não precisa se preocupar em regar.

Adubação

Não é necessário oferecer adubo para essa planta. É claro que, se você quiser dar uma ajudinha extra para o crescimento das folhas, ela vai aceitar um adubo de tempos em tempos. Uma boa opção é escolher um adubo natural, como esterco de gado curtido ou húmus de minhoca. Se só tiver o tradicional NPK, também pode ser, na proporção 10-10-10.

Se a sua espada-de-são-jorge estiver no sol, ela vai florescer uma vez ao ano. Para isso, aumentar a quantidade de fósforo no adubo é bom. Então, pode dar a ela um NPK 4-14-8, antes da época da floração.

Cultivo na água

Outra prova da incrível versatilidade dessa planta é que ela suporta até mesmo um cultivo na água. Se você já tiver ela plantada na terra, pode fazer essa adaptação para a água. Para isso, vai precisar removê-la com cuidado da terra, tirar o máximo de substrato que conseguir, e depois lavá-la bem, delicadamente, para remover o restante da terra, preservando as raízes. Então é só colocá-la em um vaso com água.

Reprodução da planta espada-de-são-jorge

dicas de reprodução espada-de-são-jorge
Crédito: Super Botânica

Se você conseguir apenas uma folha da espada-de-são-jorge já terá uma planta novinha depois de alguns meses, quando ela enraizar. Você pode simplesmente colocá-la inteira na terra, apenas com a parte de baixo enterrada e mantendo o solo úmido, ou pode cortá-la em várias partes e colocá-las com a parte de baixo em contato com a água até enraizarem. Aí poderá mantê-las na água ou colocá-las na terra.

exercícios para o músculo do tchau

Exercícios para o músculo do tchau para fazer em casa

sequelas da covid

Sequelas da covid-19: ser considerado curado não é um alívio