Pinçamento na coluna
Crédito: Freepik
em

Pinçamento na coluna: causas, sintomas e tratamentos

Procure seu médico para descobrir a causa do pinçamento e saber se é grave para tratar do jeito mais eficaz

Publicidade

Pinçamento na coluna é um termo usado para se referir à compressão de algum nervo por uma das vértebras da coluna quando sofre alguma lesão. Essa compressão pode acontecer de forma repentina ou gradual.

Quando é repentina, geralmente é por causa da uma hérnia de disco, que é quando um dos discos que formam as vértebras é “esmagado” e o líquido do seu interior extravasa, pressionando um nervo e causando dor.

Quando é gradual, a compressão costuma ser causada pela idade mesmo, e as mudanças que acontecem no posicionamento e na estrutura dos ossos. É algo natural do envelhecimento, ou causado por alguma lesão facilitada pela idade avançada, que deixa o corpo mais frágil e suscetível a lesões.

Causas do pinçamento na coluna

O pinçamento pode ocorrer em uma vértebra e nervo na coluna lombar (parte de baixo), na coluna dorsal (no centro) ou na cervical (parte superior). Quando ocorre na lombar, pode causar dor nas pernas (nem sempre a dor é por causa do nervo ciático). Quando é na cervical, pode causar dor no ombro e no braço.

Publicidade

As atividades da sua rotina e o seu estilo de vida falam muito sobre a causa do pinçamento, que pode ocorrer por carregar muito peso com frequência, usar muito salto alto, ter uma postura errada, sofrer uma queda ou um outro tipo de acidente.

Sintomas

Nem sempre um pinçamento na coluna vai causar dor ou outro sintoma. Quando a compressão no nervo ocorre de forma gradual, como parte do processo de envelhecimento, o corpo pode se adaptar a essa mudança e não provocar sintomas.

Porém, há casos em que a compressão causa muita dor, fraqueza, redução da sensibilidade, formigamento e prejudica muito a qualidade de vida do paciente. Então, apenas nesses casos, é recomendado fazer algum tratamento.

Publicidade

Tratamentos

Dependendo de cada caso, o tratamento para o pinçamento na coluna pode ser cirúrgico ou não. Em muitos casos o problema é resolvido com:

  • Fisioterapia;
  • Evitando atividades que causam dor;
  • Tomando medicamentos orais;
  • Fazendo infiltração de corticoide no local da compressão.

Há também os tratamentos caseiros, mas que não substituem a consulta ao médico, pois nem sempre a solução caseira vai ser capaz de resolver. Mesmo assim, a título de conhecimento, entre os tratamentos caseiros estão:

Massagens com óleos essenciais diluídos em óleos carregadores

Se for comprar um óleo essencial, saiba que ele é muito concentrado e precisa ser misturado com um óleo carregador que não seja concentrado (de coco, amêndoas). A pessoa que for aplicar a massagem deve ter algum conhecimento para não piorar a situação com movimentos errados. A massagem pode ser feita diariamente.

Publicidade

Compressas alternada (quente e fria) de alecrim

Não precisa ser só de alecrim, mas essa é uma boa opção. Tem também camomila, arnica e garra-do-diabo, mas esta última deve ser usada com mais cuidado, pois tem contraindicações. Fale primeiro com seu médico.

  1. Você deve fazer um chá com a planta, cerca de 2 litros e água e 10 raminhos de alecrim fresco ou seco.
  2. Pegue metade desse chá, coloque numa garrafa pet pequena e deixe congelar.
  3. A outra metade do chá vai servir para a compressa quente, que você vai embeber em um pano limpo de algodão na hora de fazer a compressa.
  4. Quando a compressa fria estiver congelada, aqueça um pouco a compressa quente e alterne as compressas frias e quentes, alguns segundos cada uma, sobre o local da dor. Vá alternando por uns 5 a 10 minutos, e pode fazer 2 ou 3 vezes ao dia.

Banho relaxante com lavanda ou camomila

Se você tem uma banheira na sua casa, faça uma boa quantidade de chá de camomila ou lavanda e misture na água do banho. Depois de tomar seu banho normal, deite-se na banheira cheia de água e chá, e fique em uma posição confortável até a água amornar.

Qual médico procurar?

Só é possível saber qual é o melhor tratamento para cada caso, depois de passar pela avaliação do seu médico e fazer exames de imagem. Você pode consultar um médico especialista em coluna, que pode ser um ortopedista, um reumatologista, um neurocirurgião, um fisiatra intervencionista ou, se for uma pessoa idosa, pode começar pelo seu geriatra e ele vai encaminhá-lo para um especialista, se for necessário.

Publicidade
Coisas que todo casal precisa fazer

7 Coisas que todo casal precisa fazer pelo menos 1 vez na vida

Como melhorar a relação de meios-irmãos

Como melhorar a relação de meios-irmãos: 5 Dicas para começar hoje mesmo