Pessoas tentam ajudar morador de rua mas são impedidas
Crédito: Wikimedia Commons
em

Pessoas tentam ajudar morador de rua, mas são impedidas

Entenda esse revoltante caso de preconceito que viralizou em todo o mundo

A Austrália é um dos países com melhor qualidade de vida para muitos, mas talvez não seja assim tão bom para os seus primeiros moradores, os aborígenes, que, algumas vezes, são moradores de rua.

Entenda um revoltante caso de preconceito que aconteceu no país, tendo repercussão mundial nas redes sociais, com mais de 40 mil likes e 20 mil compartilhamentos.

Preconceito na Austrália

Pessoas tentam ajudar morador de rua mas são impedidas entenda
Crédito: Facebook/Tanikka Murrell

O caso que viralizou no Facebook foi contado por Tanikka Murrel, em sua página pessoal. O caso levantou tanta discussão que ela acabou apagando o post, com mais de 40 mil likes.

Tanikka estava voltado de uma comemoração com Matt e Skye, seus amigos, quando foram abordados por um morador de rua em Darwin, que lhes pedia dinheiro para comprar comida.

Eles estavam sem dinheiro trocado, mas o convidaram para comer um cachorro-quente numa loja próxima dali. Ao entrar na loja, havia apenas duas pessoas na fila e outras poucas no local, mas confusão criada foi digna de cinema.

O que aconteceu

Tudo começou com olhares atravessados ao entrarem na loja e, quando eles estavam prestes a serem atendidos, uma mulher começou a perguntar para a atendente se ela realmente iria servir o grupo.

A atendente ignorou e continuou preparando os pedidos, mas os olhares começaram a se intensificar, com pessoas apontando e reclamando. Tanikka reagiu, perguntando o que estava acontecendo e dizendo que era somente um homem se alimentando, mas as coisas começaram a se complicar.

pessoas tentam ajudar morador de rua mas são impedidas comida
Crédito: Freepik

Logo apareceu o segurança da loja, dizendo que estava somente se certificando de que estava tudo bem e que estava somente fazendo o seu trabalho. Assim que o cachorro-quente foi entregue, ele se reuniu com mais seis outros seguranças e colocou o grupo para fora, alegando pensar na segurança de todos.

O post teve diversos comentários, tanto positivos, estimulando a igualdade e respeito, quanto racistas.

Revoltante, não é mesmo? “Ficamos chocados, chateados e estávamos em descrença absoluta que isso estava acontecendo. Tudo isso porque o homem queria encomendar um cachorro-quente”, disse Tanakka.

Os aborígenes foram os primeiros moradores da Austrália, assim como os índios foram para o Brasil. Imagine essa mesma situação ocorrendo numa lanchonete perto de você. Absurdo, não é?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

ex-aeromoca revela o pior que ela viu a bordo

Ex-aeromoça revela o pior que já viu a bordo

sobremesas com morango

17 Receitas de sobremesas com morango