Escola permite castigo físico
em

Cidade americana polemiza ao permitir a volta da palmatória

Ao quebrar as regras ou desobedecer o professor, a criança vai ganhar castigo físico na escola

O estado do Texas, nos Estados Unidos ressuscitou uma prática bastante antiga e controversa na educação infantil: o castigo físico. Alunos que se comportarem mal ou obtiveram notas baixas nas escolas serão corrigidos com palmatórias pelos professores.

Apesar de não existir nenhuma evidência de que o castigo corporal ajude os alunos a melhorarem o desempenho, o conselho de curadores da Three Rivers Independent School, no sul do Texas, acredita que essa é única saída. Por isso, já começou a enviar palmatórias para serem usadas pelos professores durante as aulas.

O distrito escolar espera que a palmatória melhore o comportamento da sala de aula e o desempenho dos estudantes. A disciplina é optativa. Para o professor aplicar o castigo é necessário que os pais forneçam consentimento escrito e verbal.

E como funciona?

Crianças serão corrigidas com prancha de madeira

Se um aluno quebrar as regras ou desobedece o professor, ele será castigado com a palmatória. O coordenador de comportamento do campus do Three Rivers Elementary School, Andrew Amaro, que demostra animação com a nova medida, acredita que é muito melhor aplicar o castigo físico do que dar suspensão aos estudantes.

O outro lado da história

Castigo físico em crianças negras

Estatísticas afirmam que a maioria dos estudantes negros estão mais suscetíveis ao castigo. O Secretário de Educação John B. King, Jr escreveu uma carta solicitando aos Estados – 22 adotam  a medida – que banissem o castigo corporal.

De acordo com ele, cerca de 40.000 estudantes que sofreram a punição corporal são negros. E, ainda, a possibilidade de uma criança negra apanhar é maior em relação a criança branca.

Você acha que a medida é justa? Compartilhe essa notícia e veja o que os seus amigos têm a dizer sobre o assunto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

Tipos de açúcar: conheça as diferenças entre eles

pedras de nascimento

Conheça as pedras de nascimento e o que elas revelam