ortopedia
Designed by Freepik
em

Ortopedia: o que faz o profissional desta área e quando consultar?

São muitos os motivos que podem levar você ao ortopedista: todos ligados ao seu sistema locomotor.

O que é a ortopedia? Sentiu dor no quadril? Nas costas? Nos ossos e juntas do corpo todo? É para ajudar com esses problemas que existe o médico ortopedista.

É ele que atende a traumas, faz cirurgias corretivas e ajuda a tratar os problemas reumáticos em conjunto com outros profissionais que complementam a sua área.

O que faz um ortopedista?

O ortopedista é o médico que faz a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação de doenças ou lesões do sistema musculoesquelético, envolvendo os ossos, articulações, tendões, ligamentos, nervos e músculos.

Ele trata pessoas de todas as idades, mas é comum que existam as especialidades dentro da área, como ortopedia pediátrica, geriátrica, de trauma, só para pescoço e ombros ou para pés, por exemplo.

Doenças ortopédicas

O ortopedista pode ser recomendado por outro médico para tratar problemas de pessoas de todas as idades, que sentem dor, desconforto ou não conseguem se locomover naturalmente, porque sofrem com algum dos problemas relacionados a seguir:

Ortopedia Infantil

  • Problemas do crescimento;
  • Displasia de quadril;
  • Pés botos ou chatos.

Punho e Mão

  • Síndrome do canal cárpico;
  • Dedo em gatilho;
  • Tendinites;
  • Artroses;
  • Fraturas.

Coluna

  • Fraturas da coluna vertebral;
  • Lombalgia;
  • Lombociatalgia;
  • Hérnia de disco;
  • Espondilite;
  • Escoliose;
  • Cifose;
  • Canal estreito lombar;
  • Artroses;
  • Discartrose.

Ombro e Cotovelo

  • Artrose;
  • Omartrose;
  • Tendinites;
  • Bursite.

Joelho

  • Lesão dos meniscos;
  • Ruptura dos ligamentos cruzados;
  • Artrose;
  • Gonartrose;
  • Artrose femoro-patelar.

Quadril

  • Artrose;
  • Coxartrose;
  • Fratura colo femoral;
  • Necrose da cabeça do fêmur.
  • Desvios do alinhamento eixo.

Tornozelo e Pé

  • Entorse do tornozelo e pé;
  • Instabilidade do tornozelo;
  • Fraturas de calcanhar;
  • Fraturas de stress;
  • Ruptura do tendão de Aquiles;
  • Tendinite do Aquiles;
  • Pé chato;
  • Joanete;
  • Dedos em garra;
  • Dedos em martelo;
  • Pé diabético;
  • Artroses;
  • Fasceíte plantar;
  • Síndrome canal társico.

Quando está na hora de consultar um ortopedista?

Os tratamentos variam muito conforme o problema, mas na ortopedia é muito utilizada a aplicação de gesso, de infiltrações e a fisioterapia.

Especialmente na terceira idade ou quando tiver algum problema hereditário relacionado ao sistema locomotor, é importante visitar seu ortopedista ao menos uma vez por ano, para constatar que está tudo bem ou iniciar um tratamento logo que dado o diagnóstico.

Principais exames solicitados na ortopedia

A lista de doenças ortopédicas que podem ser tratadas pelo ortopedista é muito longa, pois existem várias para cada parte do corpo: joelho, cotovelo, ombro, bacia, tornozelo, pé e muitos outros.

Mas, de modo geral, os exames mais solicitados pelos ortopedistas são o raio-X, a densitometria, o ultrassom, a tomografia e a ressonância magnética. Cada um permite visualizar com maior grau de detalhes a região que o médico precisa avaliar.

Raio-X: serve para determinar o tipo de fratura que um paciente sofreu, também os danos nos tecidos moles e articulações, apontando a posição da fratura e dos fragmentos para decidir pelo tratamento.

Densitometria: esse é um exame radiológico que tem a finalidade de medir a densidade dos ossos com precisão e rapidez. É usada para diagnosticar osteoporose e osteopenia.

Ultrassom: na ortopedia o ultrassom avalia uma lesão e a função do membro afetado para planejar com mais cuidado os procedimentos. Esse método também é usado como tratamento terapêutico.

Tomografia: esse exame usa radiação ionizante e detectores que captam imagens em segundos de toda a região que precisa ser tratada. Ela permite que o médico tenha uma visão tridimensional para auxiliar no diagnóstico.

Ressonância magnética: esse exame usa ondas de radiofrequência e um campo magnético para transmitir informações detalhadas sobre órgãos e tecidos internos sem usar radiação ionizante.

Diferença entre ortopedia, traumatologia e reumatologia

Essas três áreas se complementam, mas também possuem característica próprias. Enquanto o ortopedista trata de problemas mecânicos relacionados aos ossos, o reumatologista trata de problemas inflamatórios das articulações e tecidos.

A traumatologia trata de lesões traumáticas no sistema musculoesquelético, que são os choques mecânicos, pancadas, acidentes, tudo que afete a locomoção. Cada um colabora para o trabalho do outro.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

cardiologista

Quando e por que devo procurar um cardiologista?

Geriatria

Geriatria: a especialidade médica dedicada ao idosos