orquídea sapatinho como cuidar
Crédito: Wikimedia Commons
em

Orquídea sapatinho: aprenda a cultivar essa planta em casa

Essa linda orquídea é bem comum no Brasil e gosta de ambientes bem iluminados

A orquídea sapatinho é uma das mais populares entre as orquídeas. Entre seus outros nomes populares estão sapatinho dos anjos, sapatinho de Nossa Senhora, sapatinho de princesa, sapatinho de Vênus. Tudo porque, para muitos, o formato da flor é de um pequeno sapato.

Mas o seu nome científico é correspondente aos dois gêneros aos quais suas variedades pertencem: Paphiopedilum ou Phragmipedium. Conheça mais características sobre a orquídea sapatinho e veja as dicas de cultivo para tê-la em casa.

Características da orquídea sapatinho

Como viu antes, os gêneros da orquídea sapatinho são Paphiopedilum ou Phragmipedium. As Paphiopedilum são originárias da Ásia, preferem solo úmido e pouca luminosidade.

As Phragmipedium são comuns na América do Sul, também gostam de solo úmido, mas preferem ambientes com bastante luminosidade.

Então, por essas características, já ajuda a escolher qual o melhor gênero para cultivar, de acordo com o espaço em que pretende deixar a planta.

No Brasil é bem comum encontrar a Paphiopedilum Leeanum, que tem flores grandes e coloridas, e pode ser cultivada fora ou dentro de casa. Essa planta tem flores solitárias que nascem em uma haste de uns 15 centímetros. Se forem bem tratadas, podem se manter floridas por cerca de 30 dias.

A beleza dessa orquídea sapatinho é apreciada mesmo quando ela não está florida, então você terá uma linda planta ornamental durante todo o ano.

Por conta das suas características estruturais, essa orquídea não consegue armazenar muita água, e por isso precisa de mais regas para se manter saudável.

Dicas de cultivo da orquídea sapatinho

Depois que pega o jeito, fica fácil cultivar a orquídea sapatinho em casa. Só precisa deixar a planta se acostumar com o ambiente e ficar de olho para mantê-la sempre saudável.

Escolha do vaso

variação de flor arroxeada

O vaso para essa orquídea deve ser pequeno, de acordo com o porte dela. Se escolher um vaso muito grande, ela não vai se desenvolver bem. Suas raízes ficam fracas e a nutrição da planta fica deficiente. Escolha um vaso pequeno, com furos embaixo e de plástico para manter mais umidade.

Substrato

variação de flor alongada

Uma boa opção de substrato para a orquídea sapatinho é misturar terra preta com areia, carvão e húmus de minhoca para manter um substrato leve, que estimule o enraizamento.

Também pode investir em cascas de pinheiro pequena, esfagno e musgo para colocar na parte superior do substrato, pois eles ajudam a manter a terra úmida.

Outra dica de cultivadores que colecionam as orquídeas sapatinho é fazer um substrato usando uns 50% de musgo, 30 ou 40% de bolinhas pequenas de isopor e o restante de xaxim moído ou fibra de coco.

A importância do isopor é que, se você puser apenas o musgo, ele vai apodrecer muito rápido e assentar no fundo do vaso. Então o isopor ajuda a manter a estrutura do substrato. O musgo é importante para manter a umidade, já que o isopor não absorve a água.

Regas

variação de orquídea sapatinho lilás

É importante que o solo da orquídea sapatinho esteja sempre úmido, mas não encharcado, cheio de água. Dê uma olhada uma vez ao dia, colocando o dedo no substrato e sentindo sua umidade. Se estiver quase seco, é hora de regar.

Nos meses mais frios a rega é mais espaçada, mas nos meses quentes costuma ser mais frequente. O uso de um bom substrato é essencial para manter a umidade regulada para a planta, ajudando a escoar toda a água em excesso.

Adubação

variação de flor roxa e branca

As orquídeas gostam de receber uma boa adubação para estimular sua florescência. O adubo pode ser foliar, daquele borrifado nas folhas, a cada 15 dias. Também pode ser direto no solo, seja líquido ou sólido, a cada 1 ou 2 meses, em média.

Pode usar um NPK 20-20-20. Avalie a aparência da planta para determinar se a quantidade de substrato está sendo boa para ela. A adubação deve ser feita somente fora do período de floração, seja antes ou depois.

Floração da orquídea sapatinho

variação de flor branca com pintinhas

Se a orquídea for plantada a partir de sementes, pode levar de 3 a 4 anos para a primeira floração. Se for a partir de mudas, ela vai florir uma vez ao ano, ficando florida por cerca de 30 dias. Quanto melhor for a luminosidade, mais bonitas serão as flores.

Quando elas já estiverem morrendo, mantenha uma poda de limpeza, tirando as flores e folhas secas. Isso vai ajudar a planta a ficar revigorada para a próxima floração. Se for cortar caules, lembre-se de aplicar um pouco de canela em pó na ponta para proteger contra pragas.

Crédito das imagens: Wikimedia Commons

Veja também: Conheça as características das plantas aquáticas

é proibido usar itens de plástico descartável na Alemanha

É proibido usar itens de plástico descartável na Alemanha

plantas mais resistentes para ter em casa

8 Plantas muito resistentes para quem não se lembra de cuidar