pedir a aposentadoria
Crédito: Wikimedia Commons
em

O momento de pedir aposentadoria pode fazer diferença no valor

Nova PEC paralela pode influenciar no valor recebido na aposentadoria. Entenda porque é melhor esperar para solicitar o cálculo

Você sabia que pode ser mais interessante esperar um pouco para pedir a aposentadoria? Foi aprovada no Senado uma PEC que pode mudar o valor das aposentadorias pedidas após ela. E é para mais, em todos os casos. Entenda o porque.

Veja também: como funciona a carteira de trabalho digital

Esperar pode fazer a diferença

Atualmente, o que diz a nova Reforma da Previdência é que, ao pedir a aposentadoria, você inclui no cálculo o salário mais baixo que recebeu na sua carreira. Isso pode fazer a média cair bastante para algumas pessoas, mesmo que tenha sido por pouco tempo. Aliás, antes da Reforma da Previdência era exatamente assim.

E é isso o que essa nova PEC pretende alterar, tornando a aposentadoria mais justa para a maior parte das pessoas que passaram a vida trabalhando duro e precisam do mínimo de segurança na velhice. Claro que algumas pessoas que não precisam tanto assim serão beneficiadas também, mas eles são aquele 1%. A grande maioria da população vai depender de cada centavo que puder guardar.

E é para elas que um pouco mais de estratégia pode fazer a diferença. Mesmo que já esteja na época de aposentar, é interessante esperar a PEC paralela entrar em vigor para poder solicitar a aposentadoria. Mas como isso vai funcionar?

Como funciona?

O Brasil está vivendo uma fase de muitas transições e, é claro, que isso pode causar muita confusão na mente da população. Então, para ficar claro como vai funcionar a aposentadoria – especificamente o cálculo – veja quais são as regras para cada época:

  • Entre o momento atual até 2021: nesse período, quem pedir aposentadoria vai somar somente 80% das maiores contribuições, ignorando aqueles salários 20% mais baixos;
  • Entre 2022 e 2024: será considerado somente 90% das maiores contribuições, ignorando os 10% mais baixos;
  • A partir de 2025: serão somadas todas as contribuições – incluindo aquelas menores – para se tirar a média.

Isso quer dizer que quanto mais demorar para se aposentar, menos vai receber. Antes, a reforma já estaria em vigor em 2022, mas a PEC tentou se tornar um elo entre as duas metodologias. Ou seja, quem se aposentar na primeira fase pode vir a receber mais, reduzindo o percentual da média à medida em que o tempo passa. Mas essa não é uma conta simples e o tempo de serviço também influencia, então o ideal é buscar o apoio de um advogado para fazer os cálculos.

Sacar ou não?

Se você já pediu a aposentadoria e está aguardando o resultado, pode aguardar a mudança que está por vir e não sacar absolutamente nada do que for depositado. Além disso, é fundamental não mexer no FGTS, para que possa, assim, solicitar a mudança depois, se for mais vantajoso. Ou seja, segura um pouquinho para ver como vai ficar e como agir para garantir uma maior estabilidade na melhor idade.

Caso a sua aposentadoria atual seja mais interessante, mesmo que não tenha sacado nada antes, pode simplesmente ir lá e sacar o que quiser. Isso porque o dinheiro estará na sua conta, somente somando a cada mês. Ou seja, se você tem como se manter sem a aposentadoria, é a melhor escolha a fazer, de forma genérica. Mas lembre: sempre consulte um especialista para fazer seus cálculos e ver qual é a melhor opção para o seu caso em particular.

não se deve matar aranhas

Matar aranhas pode não ser bom para sua casa. Saiba o porquê!

obesidade e câncer

Obesidade e câncer têm relação direta? Entenda mais