em

13 motivos para começar a consumir erva-doce

O consumo diário da erva-doce oferece benefícios que você nem imagina

Apesar de muito popular, a erva-doce possui inúmeros benefícios à saúde ainda muito pouco conhecidos.

Fonte de ricas propriedades medicinais, a Pimpinella anisum popularmente conhecida como erva-doce, é facilmente encontrada em mercados, feiras livres ou em lojas de produtos naturais, e seu consumo diário pode oferecer benefícios que você nem imagina.

Pensando nisso, selecionamos uma lista que vai ajudar você a entender melhor a importância da erva-doce no seu dia a dia.

1. Promove o emagrecimento: Rica em fibras solúveis, exerce um papel fundamental para quem quer perder peso;

2. Combate o colesterol: Seu consumo regular combate o colesterol ruim (LDL) e diminui as chances de AVC;

3. Ameniza o mau hálito: Possui substâncias refrescantes que ajudam a amenizar esse problema;

4. Equilibra a pressão arterial: Ajuda a equilibrar o sódio na corrente sanguínea;

5. Alivia cólicas menstruais: Graças às substâncias antiespasmódicas, promove eficácia no alívio das dores;

6. Melhora as funções cerebrais: Melhora as funções cognitivas, memória e concentração;

7. Combate o câncer: Rica em anetol, limoneno e quercetina, promove efeitos positivos na prevenção e tratamento do câncer, principalmente no cólon e mamas;

8. Alivia problemas respiratórios: Possui efeito expectorante;

9. Ameniza o inchaço: Contribui de forma natural na eliminação de líquidos, principalmente toxinas;

10. Alivia sintomas da menopausa: Além de combater eficientemente as cólicas, possui estrogênio, que ajuda equilibrar os desconfortos da menopausa;

11. Combate o envelhecimento precoce: Graças ao alto nível de antioxidantes, combate os radicais livres melhorando o aspecto da pele;

12. Ajuda a combater a insônia: Promove efeito relaxante, afastando sintomas de insônia;

13. Auxilia nos tratamentos da depressão: Por proporcionar de forma natural um efeito relaxante, ajuda nos tratamentos de ansiedade, contribuindo também de forma positiva nos sintomas da depressão;

Chá de erva-doce refrescante

Ingredientes:

  • Erva-doce: 2 colheres de chá;
  • Anis estrelado: 1 unidade;
  • Hortelã fresca: 5 ramos;
  • Água filtrada: 1 litro;
  • Açúcar: a gosto;
  • Pedras de gelo: a gosto.

Modo de fazer e uso:

1. Em uma panela, coloque o anis, a erva-doce e a água e deixe ferver por 5 minutos;

2. Retire do fogo e adicione as folhas de hortelã. Mantenha abafado por 5 minutos;

3. Coe e adoce se preferir, mantendo o cuidado de usar pouco açúcar;

4. Deixe na geladeira por uma hora antes de servir.

Adicione pedras de gelo para garantir que fique mais refrescante.

Atenção: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Alternativas caseiras que ajudam no alívio das dores nas costas

Opções naturais para tratar os sintomas da insônia