em

12 Mitos e verdades sobre alimentos congelados

Tire suas dúvidas sobre a qualidade e a segurança dos alimentos que vão ao freezer.
mitos e verdades sobre alimentos congelados
Crédito: Pixabay

Ter um congelador ou um freezer em casa é essencial para aproveitar melhor os alimentos. Ao serem congelados, eles preservam suas propriedades quase completamente, e você pode comê-los meses mais tarde sem nenhum problema. Mas mesmo sabendo disso, existem muitos mitos e verdades sobre alimentos congelados que vale a pena saber para garantir que está fazendo o processo do jeito mais seguro para a saúde. Veja quais são:

1. Alimento descongelado uma vez não pode voltar para o freezer

Verdade. A intenção ao congelar um alimento é preservar as suas propriedades e impedir que ele seja contaminado por bactérias. Porém, assim que ele é descongelado, ele volta a estar propenso à contaminação. Por isso ele deve ser consumido na hora, evitando que seja congelado outra vez, já contaminado ou com menor qualidade.

2. Vegetais congelados perdem suas propriedades nutricionais

Mito. Porém existe uma diferença entre trazer vegetais frescos para casa e congelá-los até o uso, garantindo sua preservação, e comprar vegetais já congelados, que recebem conservantes para ficarem assim por muito tempo. Esses vegetais que você compra congelados nem sempre estão mesmo bem preservados, pois só o transporte até o mercado e até a sua casa é o suficiente para fazer com que seja de pior qualidade.

3. Alimentos congelados têm prazo de validade

Verdade. Há quem pense que a partir do momento em que congelou um alimento ele vai durar para sempre. Não é bem assim. Cada alimento possui um determinado prazo de validade e esse prazo varia de acordo com as condições de preservação do seu freezer. De modo geral, nada deve ficar em temperatura superior a 10 °C e de preferência que seja consumido em 3 meses.

4. Carne temperada, cozida e congelada estraga mais rápido no freezer

Mito. Aliás, é o contrário. Se você preparar uma carne, ela sobrar e depois você congelar, ela vai durar mais tempo do que uma carne não temperada e congelada. Isso ocorre porque ela já vai ter passado por temperaturas bem altas durante o cozimento, eliminando o risco de ataque por muitas bactérias. Mas é preciso congelar logo que não for mais comer.

5. Pode congelar um alimento ainda quente

Verdade. Assim como na dica anterior, quando antes você colocar o alimento no freezer assim que não for mais comer, melhor. Isso porque quando mais tempo ele passa em temperatura ambiente, maior o risco de contaminação. O único porém dessa ideia que faz muita gente achar que não pode é porque o freezer vai precisar fazer um esforço extra para manter a temperatura baixa.

6. Certos alimentos não podem ser congelados

Mito. Embora alguns alimentos percam a sua textura original e até mesmo o sabor depois de serem congelados e descongelados, não existe alimento que não possa passar pelo congelamento. Então é mais uma questão de gosto. Porém, não vale a pena congelar coisas que devem ser comidas na hora, como por exemplo uma maionese de batatas.

7. Deve-se deixar os alimentos descongelarem naturalmente

Verdade. A melhor forma de deixar qualquer alimento descongelar é tirar do freezer um dia antes e deixar descongelando dentro da geladeira. Assim o processo será mais natural, preservando uma melhor textura e sabor do alimento. Além disso, nunca deixe nada descongelado fora da geladeira, pois aumenta muito o risco de contaminação por causa da temperatura.

8. Congelar e descongelar a carne faz com que fique mais macia

Mito. Como já mencionado, depois que um alimento é descongelado ele deve ser consumido e depois descartado, pois não considera-se mais seguro para consumo. Além do mais, não é verdade que a carne fica mais macia se descongelar e congelar de novo. Essa maciez provém unicamente do tipo de corte da carne, e não do freezer.

9. A melhor forma de congelar um alimento é a vácuo

Verdade. Nenhum tipo de potinho onde você colocar o alimento para congelar vai ser tão eficaz quando colocá-lo dentro de um saco plástico. Ao fazer isso, coloque o saquinho já com alimento em uma bacia de água, sem deixar molhar dentro, para que ele assuma a forma do alimento e faça com que todo o ar saia. Assim você terá embalado a vácuo.

10. Alimentos de forno devem descongelar antes de serem assados

Mito. Todo tipo de alimento que vá ser assado, deve sair do freezer direto para o forno quente. Isso porque ao descongelar eles podem acumular água e perderem a textura, a consistência e o sabor.

11. Cada alimento necessita de uma temperatura diferente para congelamento

Verdade. Peixes são o tipo de alimento que exige a temperatura mais baixa de todas. Por isso deve ficar na parte mais alta – e gelada – do freezer. As carnes em geral também, enquanto vegetais congelados podem ficar na parte de baixo que é um pouco menos gelada. É por isso que há uma indicação com desenho em cada gaveta para o tipo certo de alimento a colocar.

12. Legumes congelados crus ficam melhores que os cozidos e congelados

Mito. Se você primeiro cozinhar os legumes e congelar em seguida, quando forem descongelados vão ter uma textura mais firme do que se congelá-los crus e descongelar depois.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

tipos de melão
6 Tipos de melão: aprenda a escolher os melhores
primeiro mês do cachorro em casa
8 Dicas para se adaptar no primeiro mês do cachorro em casa