em

Menino alérgico a laticínios morre após receber alimento proibido

Alergias severas precisam ser levadas a sério. Um erro pode ser fatal.

Em muitas escolas, há uma séria preocupação sobre respeitar as individualidades de cada aluno, incluindo problemas de saúde e alergias.

Mas infelizmente, não foi o que aconteceu em uma escola de Harlem, em Nova Iorque. No início de novembro de 2017, uma tragédia transformou a rotina da instituição e devastou a vida de uma família.

Tudo aconteceu quando um supervisor da escola deu ao aluno Elijah Silvera, de apenas 3 anos de idade, um sanduíche de queijo. Logo que ingeriu o alimento, a criança começou a apresentar sintomas de alergia.

A escola entrou em contato com os pais de Elijah, que o levaram ao hospital o mais rápido que puderam. Mas, infelizmente, já era tarde demais. O menino teve um choque anafilático e faleceu no hospital.

Após o ocorrido, os pais de Elijah informaram, em uma página criada no GoFoundMe em nome do filho, que a escola estava informada e possuía documentos confirmando que Elijah tinha alergia severa a laticínios.

Não podendo trazer o filho de volta, os pais de Elijah agora lutam para que outras crianças que sofrem de alergias severas recebam cuidados adequados e que nenhuma outra família tenha que passar pelo que eles passaram. A escola foi fechada para investigação.

Compartilhe a ajude a conscientizar as pessoas sobre a importância de prestar atenção nas necessidades especiais de quem os cerca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

7 alimentos que não são tão saudáveis quanto você pensa
Purificador de ar natural: veja quais as plantas certas para se ter em casa