máscara e coronavírus
Crédito: Freepik
em ,

Máscara e coronavírus: quando e qual tipo usar?

As pessoas sadias não precisam usar máscaras. Devem deixar para que não falte a quem realmente precisa

Até agora, metade do mês de março de 2020, o Brasil tem cerca de 200 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. Essa quantidade ainda é muito baixa, mas como já foi decretado estado de pandemia em diversos países, é preciso tomar as providências adequadas na intenção frear a proliferação da Covid-2019. Porém, não faz sentindo tomar atitudes desesperadas, todas ao mesmo tempo, sem saber o que está fazendo. A relação entre a máscara e coronavírus é um bom exemplo. É preciso saber quando e como usar.

Quem deve usar máscara e quando é necessário usar?

De acordo com as recomendações do Ministério da Saúde, as máscaras de proteção devem ser usadas por:

  • Pessoas que já estão doentes, na intenção de impedir que elas transmitam com tanta facilidade o vírus para as pessoas da sua convivência;
  • Pessoas que estão cuidando dos doentes, sejam profissionais de saúde ou não;
  • Todos os profissionais de saúde;
  • Cuidadores de idosos;
  • Mães que estão amamentando.

Fora estes casos, as pessoas que estão sadias não têm necessidade de usar a máscara. É mais importante que tomem outros cuidados rotineiros, como pode conferir ao final do artigo.

Além disso, é importante saber que só o uso da máscara não protege contra a doença, apenas reduz o risco de infecção. Então, é necessário manter todos os demais cuidados com a saúde.

Como usar a máscara?

Além de saber quem é que deve usar e quando é preciso usar, também é importante saber que a máscara precisa estar bem ajustada ao rosto. Ou seja, não precisa estar apertada, mas não deve estar frouxa, pois a intenção é que ela impeça a saída total do ar que está sendo expirado.

Além disso, não se pode usar a mesma máscara o dia inteiro. As máscaras são descartáveis e só são úteis por até 2 horas. Depois desse tempo é preciso trocar de máscara, retirando-a de trás da cabeça para a frente, dobrando bem, depois jogar no lixo e lavar bem as mãos.

Qual máscara usar?

Os tipos de máscara que as pessoas podem usar são a máscara cirúrgica e também a máscara FFP1. Ambas são usadas pelos profissionais de saúde e oferecem uma proteção baixa, mas são as recomendadas para a proteção contra os vírus e bactérias do ar, embora não haja forma de proteger 100% contra a infecção.

Máscara cirúrgica

mascara cirurgica para coronavirus
Crédito: Reprodução

O tipo de máscara a ser usada é a cirúrgica, a mais fácil de ser encontrada. Ela não fica tão bem ajustada nas bochechas, mas é considerada uma forma de proteger quem está lidando com os doentes, desde que seja trocada sempre no momento certo, quando começa a ficar úmida.

Máscara FFP1

mascara n95 contra coronavirus
Crédito: Reprodução

Esta é a máscara FFP1, que está mais popular com o nome de n95. Ela é feita de poliéster e protege contra a inalação de gotículas transmitidas a curta distância e minimiza o risco de contaminação do ambiente. Ela fica melhor ajustada ao rosto do que a cirúrgica, então oferece uma filtragem melhor do ar e protege melhor as outras pessoas que estiverem perto dos doentes.

Máscara caseira funciona?

Muitas pessoas sadias estão correndo nas farmácias para comprar as máscaras cirúrgicas e máscaras n95, e assim estão prejudicando quem realmente precisa das máscaras, fazendo com que fiquem em falta no mercado. Outros, na tentativa de terem uma proteção extra, estão buscando por métodos caseiros, como as máscaras de filtro de café.

Porém, esse material é bastante poroso e não protege contra a saída ou entrada do vírus do corpo. No entanto, se você estiver dentro do grupo de pessoas que precisa usar a máscara e não estiver encontrando para comprar, pode fazer um modelo com filtro de café para impedir que gotículas de saliva suas ou dos outros entrem em contato com o seu rosto na hora de falar, tossir ou espirrar.

Mas, também precisa trocá-las a cada 2 horas ou menos, assim que estiverem úmidas. E lembre-se que elas não são a solução ideal e também não protegem contra a infecção de forma garantida, assim como qualquer outra máscara. Veja o passo a passo no vídeo:

Medidas de proteção diárias contra coronavírus

  • Mantenha a casa limpa e desinfetada com os produtos relacionados do tópico anterior;
  • Mantenha desinfetados objetos de uso frequente, como celulares, brinquedos, maçanetas e corrimões;
  • Lave o rosto, em especial as narinas, sempre que chegar em casa e algumas vezes ao dia caso trabalhe fora;
  • Em seguida, lave muito bem as mãos com água e sabonete, secando com toalha de papel;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como copos, talheres e toalhas;
  • Evite ficar em locais fechados e com muitas pessoas;
  • Mantenha a casa e o local de trabalho bem ventilados;
  • Não cumprimente as pessoas com as mãos ou dando beijinhos;
  • Não deixe que as pessoas cheguem perto para pegar ou beijar as crianças pequenas;
  • Mantenha os idosos em casa.
álcool gel caseiro

Álcool gel caseiro para coronavírus funciona mesmo? Veja como fazer

bolo de fubá de liquidificador

Bolo de fubá de liquidificador: 10 receitas práticas e saborosas