Crédito: Imovirtual
em

7 Maravilhas de Portugal – como seria o Taj Mahal em Coimbra

Esse monumento em homenagem ao amor ficaria perfeito na cidade portuguesa onde uma grande história de amor ficou marcada

Publicidade

Algumas construções monumentais só mostram sua real beleza e grandeza quando vistas pessoalmente. Então, os viajantes precisam escolher as obras arquitetônicas que mais gostariam de conhecer para planejarem seus destinos. Bom seria se você pudesse ir para um só país e visitar obras de diferentes lugares, sem perder tempo nos aeroportos.

O site português Imovirtual imaginou exatamente isso ao fazer uma lista de 7 maravilhas do mundo que poderiam ganhar versões adaptadas para a cultura de Portugal e decorarem diferentes cidades, encantando seus residentes e visitantes.

Nessa lista, cada um dos monumentos foi pensado e adaptado para corresponder a uma cidade portuguesa. Todos eles seriam construídos com materiais que identificam a cultura lusitana, como os azulejos e as calçadas. Neste artigo você vai conhecer um deles:

Taj Mahal de Coimbra

Por trás de um monumento tão majestoso, emblemático e sublime só poderia ter estado uma história de amor. O Taj Mahal foi mandado construir pelo imperador Shan Jahan para honrar a memória da sua terceira esposa, a mulher mais amada pelo imperador. Viveram um amor durante 19 anos até a morte da princesa, que faleceu ao dar à luz o 14º filho do casal. A morte da amada abalou de tal forma Jahan que teve a necessidade de homenageá-la com a construção do imponente Taj Mahal (grande prova de amor, não?).

Publicidade

Foi também em Portugal que se deu uma das histórias de amor mais marcantes: o fatal amor entre D. Pedro e D. Inês, conhecidos como o Romeu e Julieta lusitanos. Os dois viveram um amor proibido durante 10 anos no antigo Paço de Santa Clara, em Coimbra. Foi na Quinta das Lágrimas, parque da cidade dos estudantes e poetas, que Inês teve o seu trágico final. O rei D. Afonso IV, o maior opositor desta união, mandou assassinar D. Inês.

Perante duas histórias de amor tão belas e trágicas, D. Pedro poderia, tal como Jahan, mandar erguer um Taj Mahal português. Como não aconteceu, o Imovirtual vai fazê-lo. Seria um monumento igualmente suntuoso e imponente, mas em vez de se usarem pedras preciosas e mármore para o construir, se usaria o tão famoso barro português. O barro decorado com corações, flores e todos os apontamentos românticos que caracterizam não só a nação portuguesa, como estas duas histórias de amor.

Já imaginou como seria poder comprar ou alugar um apartamento em Coimbra ao lado do Taj Mahal? Se você tem uma veia romântica, iria adorar viver em um apartamento na cidade das letras.

Publicidade

7 Maravilhas do mundo em Portugal – como seria a Red Square se fosse em Braga

7 Maravilhas de Portugal – as Pirâmides de Gizé se fossem em Santarém