M√£e agradece amiguinha do filho com autismo
Crédito: Reprodução Facebook
em

M√£e agradece amiguinha do filho com autismo: ‚ÄúEsta √© uma hist√≥ria de inclus√£o, aceita√ß√£o e gentileza‚ÄĚ

O pequeno Nicholas, que não pode se comunicar como a maioria das crianças, encontrou seu anjo da guarda na escolinha

Muitas pessoas ainda t√™m uma vis√£o distorcida sobre o que realmente significa inclus√£o e aceita√ß√£o. Para ajudar a compreender esses conceitos em sua forma mais simples e verdadeira, voc√™ vai conhecer agora a hist√≥ria da amizade entre Nicholas, um garotinho autista, e sua amiguinha ‚ÄúE‚ÄĚ.

Crédito: Reprodução Facebook

Quem relata essa história é Kate, mãe de Nicholas, que tem outros dois filhos com necessidades especiais. Por conta dos desafios e descobertas diárias com sua família especial, Kate mantém um blog chamado This Special Journey (Esta Jornada Especial).

Depois de descobrir a linda amizade do pequeno Nicholas com a E, Kate resolveu fazer uma publicação em seu blog agradecendo à menina por incluir seu filho.

Crédito: Reprodução Facebook

‚ÄúVoc√™ pode pensar que esta √© uma t√≠pica hist√≥ria de amizade. Mas esta tamb√©m √© uma hist√≥ria de inclus√£o, aceita√ß√£o e gentileza.‚ÄĚ

Nicholas é um garotinho de 5 anos que frequenta uma escola com crianças com necessidades especiais semelhantes às suas, mas também com outras crianças que não possuem autismo. A classe de Nicholas é especial, pois ele tem autismo de alto grau. No entanto, na hora do recreio, ele pode passear livremente e ter contato com as crianças de outras classes. Foi em uma dessas horas de recreação que Nicholas conheceu E.

Como relata Kate em seu blog, o que mais chamou sua atenção na amizade das duas crianças é que E sempre tratou Nicholas normalmente.

Crédito: Reprodução Facebook

“A coisa mais bonita sobre a amizade deles é que ela fala com ele. Ela fala com ele, embora ele não possa responder. Ela entende que ele não fala, mas o faz mesmo assim.“, relata Kate.

‚ÄúIsso √© inclus√£o. E anda com Nicholas apesar de ele ser deficiente. Ela quer ser amiga dele, embora ele seja diferente dela.¬†Isso √© aceita√ß√£o. E entende que Nicholas n√£o pode se comunicar como ela. Ela o aceita de qualquer maneira. Ela sabe que ele pensa e processa as coisas um pouco mais devagar do que as outras crian√ßas. Ela ainda gravita em dire√ß√£o a ele.‚ÄĚ

Crédito: Reprodução Facebook

Assim que percebeu como era importante essa amizade entre Nicholas e E, Kate quis conhecer a família da menina para agradecer o carinho com seu filho. Os pais da pequena contaram que E gosta muito de Nicholas e fala bastante sobre ele quando está em casa. Da mesma forma, mesmo sem poder se comunicar, Nicholas demonstra se sentir muito feliz na companhia da amiga.

Kate fez questão de agradecer pessoalmente e também criar a publicação em homenagem à E em seu blog, pois acredita que essa menina é o anjo da guarda do seu filho.

‚ÄúComo m√£e de uma crian√ßa com necessidades especiais, enternece meu cora√ß√£o ver algu√©m aceitar meu filho como ele √©. Uma verdadeira amizade √© quando algu√©m sabe tudo sobre voc√™, mas gosta de voc√™ mesmo assim. √Č exatamente assim que E √©. Eu amo que Nicholas tenha uma amizade t√£o genu√≠na com essa garotinha.‚ÄĚ

Luciana Gimenez conta que sofre com baixa autoestima

Luciana Gimenez conta que sofre com baixa autoestima desde a inf√Ęncia

Namorados se reencontram 68 anos depois

Namorados se reencontram 68 anos depois, e se casam