lírio cuidados básicos
Crédito: Freepik
em

Lírio: conheça os principais tipos e veja como cuidar

Apesar de serem plantas orientais, os lírios são muito apreciados no Brasil, especialmente para decoração de eventos

Se fosse para apresentar todos os tipos de lírios, precisaria de um livro, pois existem mais de 100 variedades. Mas todos eles possuem características de cultivo em comum, então você pode conhecer agora alguns dos mais populares e cultivá-los todos com essas mesmas dicas que vai ver a seguir.

Tipos de lírios

Os lírios são flores maravilhosas, extremamente ornamentais, com uma aparência delicada e elegante. São todos do gênero Lilium e da família das Liliáceas. Podem ser dos tipos asiático, oriental ou longuiflorum, e suas flores surgem na primavera.

Lírio asiático

Crédito: Tua Casa

Esse tipo de lírio é nativo da China. As flores podem ser de várias cores, mas cada planta vai dar flores de uma só cor, e não têm perfume. É a menor de todos os três tipos, gosta de meia sombra e solo rico em matéria orgânica.

Lírio oriental

Crédito: Tua Casa

Esse tipo é nativo do Japão. As flores são muito cheirosas, surgem em diferentes tons de rosa e vermelho com detalhes brancos, são maiores do que as do tipo asiático e suas pétalas são ligeiramente curvadas para baixo. Essa planta pode chegar a 1,2 metro de altura, gosta de clima ameno e meia sombra.

Lírio longuiflorum

Crédito: Tua Casa

Esse tipo de lírio só floresce na cor branca e creme, e tem um perfume suave. Assim como o oriental, pode atingir 1,20 de altura e as flores têm um formato de trompete.

Terra ideal para plantio dos lírios

Crédito: Tua Casa

Os lírios de todos os tipos gostam de um solo solto, bem leve, e rico em matéria orgânica. Pode até ter um pouco de fibras. É muito importante que seja um solo com muitos nutrientes para que a planta tenha força para produzir flores belíssimas.

Luminosidade

Crédito: Tua Casa

O lírio asiático e o oriental gostam de ficar à meia sombra, pegando algumas horas de sol por dia. Já o lírio branco prefere o sol pleno, mas também vai sobreviver se pegar umas 4 ou 6 horas de sol por dia.

Regas

Crédito: Tua Casa

As regas dessa planta são as mais básicas, ou seja, quando perceber que a superfície do solo está secando. Não regue em excesso, apenas até começar a sair água pelo fundo do vaso.

Hibernação

Crédito: Tua Casa

Apesar de ser uma planta perene, que floresce todos os anos por muitos anos, o lírio para por um processo de hibernação nos meses mais frios para poupar energia. Nessa fase a flor já morreu, pois passou a época, e todas as folhas vão secar. A planta não morreu.

Se estiver sendo cultivada em um vaso, você pode ter alguns cuidados para estimular a floração quando a planta acordar da hibernação. Faça o seguinte:

  1. Depois que as flores morrerem, continue mantendo as regas semanais pelos 3 meses seguintes;
  2. Com a planta totalmente seca (em hibernação), retire-a com cuidado do vaso e limpe o bulbo da terra. O bulbo é a parte que fica enterrada e se parece com uma cabeça de alho;
  3. Coloque a planta em um saco plástico limpo e faça furinhos no saco. Guarde-o na geladeira na parte dos legumes;
  4. Depois de 4 meses, leve de volta a planta para o vaso, com uma nova terra, uma camada de drenagem no fundo e adubo. Plante e regue, mantendo em local iluminado, mas sem sol;
  5. Quando se passar uma semana e meia, coloque o vaso em um local onde pega um pouco de sol mais fraco por dia para ela reacostumar com o sol. Vá mantendo as regas semanais para deixar o solo sempre úmido. É só esperar que ele volte a florescer.

Veja também: plantas diferentes para decorar a sala de casa

Treliça para trepadeiras

Treliça para trepadeiras: como fazer em casa + ideias para inspirar

ixia plantas cuidados

Planta ixia: encante-se com a beleza dessas flores e veja as dicas de cultivo