em

Itália planeja recompensar os pais que têm um terceiro filho

Em uma tentativa de reverter a baixa taxa de natalidade do país, Governo estuda a possibilidade de incentivar mais filhos
itália planeja recompensar os pais que têm terceiro filhoitália planeja recompensar os pais que têm terceiro filho
Crédito: Freepik

Os filhos são uma bênção para os pais ao redor do mundo. Só que, entre eles, é comum ouvir o ditado: “um é pouco, dois é bom, mas três é demais”. Na contra-mão disso, a Itália planeja recompensar os pais que têm um terceiro filho, dando-lhes um pedaço de terra. Isso pode fazer com que alguns pais repensem o ditado.

Por que a Itália pretende recompensar os pais que têm um terceiro filho

governo da italia recompensara terceiro filho entenda
Crédito: FirstCry Parenting

Atualmente a Itália é o país europeu com a menor taxa de natalidade da Europa. Em 2017, nasceram apenas 464 mil bebês aproximadamente, um número muito baixo para o país. Esse número representa que a população da Itália está ficando cada vez mais velha, o que não é bom para demografia do país.

Para reverter esse quadro populacional, a Itália planeja recompensar os pais que têm um terceiro filho concedendo-lhes um pedaço de terra, para o plantio e/ou criação de animais. O projeto foi criado pela Liga de extrema-direita italiana e já está incluído na proposta de orçamento de 2019. Essa é uma estratégia do governo para lutar contra a tendência mundial de que as pessoas não desejam mais ter filhos, ou ter 1 ou 2 filhos.

O projeto prevê que o governo italiano dê essas terras agrícolas entre os anos de 2019 e 2021. As terras serão entregues às famílias por 20 anos. Para receber o benefício, os pais devem ser legalmente casados, não sendo aceitas uniões civis. O que pode ser difícil segundo alguns comentaristas políticos, já que a lei italiana proporciona a união civil quase todos os direitos do casamento.

como a itália planeja recompensar os pais que têm terceiro filho
Crédito: Pexels

A doação de terras é apoiada pelos ministros das Famílias, Lorenzo Fontana, e da Agricultura, Gian Marco Centinaio. Em entrevista, o ministro da Agricultura disse que o projeto deve favorecer especialmente as famílias que vivem nos campos, já que são elas que ainda tem mais filhos. Segundo ele, o projeto é necessário para provocar a mudança nos padrões atuais no número de nascimentos, visto que há uma forte tendência entre os italianos de não terem mais filhos.

A associação de empresas agrícolas, que também apoia o projeto, diz que o governo italiano possui mais de 10 bilhões de dólares em terras. Mesmo com tantos apoiadores, a imprensa italiana não concorda com o plano de doar as terras. Segundo jornais, a terra deveria ser vendida.

Veja também: segundo filho pode apresentar mais casos de mau comportamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
visões místicas de madre angélica entenda
As visões místicas de Madre Angélica
presentes de natal para mãe
7 Ideias de presentes de Natal para mãe