Agnaldo Timóteo deixa metade de sua herança para filha de criação
Crédito: Arquivo pessoal
em

Agnaldo Timóteo deixa metade de sua herança para filha de criação e agora seus irmãos querem anular decisão

Uma irmã do cantor chegou a dizer que a menina deveria voltar para o lixo de onde veio

Publicidade

O cantor Agnaldo Timóteo faleceu no dia 3 de abril de 2021 por conta de complicações da Covid-19, aos 84 anos de idade. Pouco tempo antes disso, ele sofreu um AVC e um princípio de infarto.

Com esse ocorrido, que o deixou alerta sobre o risco de morte, ele pediu ao seu advogado e amigo de longa data, Sidney Lobo Pedroso, que desse entrada nos documentos para oficializar a adoção de sua filha do coração, Keyty Evelyn.

Publicidade
Crédito: Arquivo pessoal

Em um vídeo para o advogado, Agnaldo disse: “Dr. Sidney, essas fotos que eu mandei para você, são da minha filha, que eu adoro desde março de 2008, quando a conheci, na porta do meu gabinete, ao lado da mãe, quando eu era vereador em São Paulo. Preciso legalizá-la para que ela seja Keyty Evelyn Timóteo. Ela já tem um documento como minha herdeira, mas quero que ela seja minha filha oficial. Gostaria que você providenciasse tudo. Ela é a razão da minha vida”.

Crédito: Arquivo pessoal

Agnaldo conheceu Keyty quando ela tinha 2 anos de idade e apareceu na porta do seu gabinete junto da mãe. Na época, Agnaldo era vereador em São Paulo. Desde lá ele resolveu tomar conta da menina que virou a razão de sua vida.

Publicidade

Porém, os irmãos do cantor nunca aceitaram Keyty, e por isso ficaram revoltados ao saber que ele havia deixado metade de sua herança de R$ 16 milhões para ela, que hoje está com 14 anos.

Os outros R$ 8 milhões, Agnaldo determinou, em seu testamento, que fossem divididos entre 2 sobrinhos e 2 de seus 6 irmãos.

Crédito: Arquivo pessoal

Como Keyty ainda é menor, Agnaldo também pediu para que seu advogado assumisse a guarda da menina e cuidasse de seus bens até ela atingir a maioridade.

Publicidade

A adoção de Keyty não chegou a ser finalizada antes da morte do cantor. Mas, quando isso acontecer, ela se tornará herdeira de 100% da fortuna de Agnaldo.

Crédito: Arquivo pessoal

Agora, os irmãos do cantor querem anular o testamento alegando que ele estava senil quando fez essa divisão de bens. Sua irmã Ruthinete é a mais revoltada, chegou a dizer que Keyty veio de lixo e para o lixo vai voltar.

De acordo com Timotinho, que é sobrinho e ex-assessor do cantor, a menina nunca foi aceita, mas os irmãos não terão o que fazer quando sua adoção for legalizada, ainda que consigam anular o testamento.

Publicidade

Entre os bens deixados pelo cantor estão uma casa na Barra da Tijuca, um apartamento em Vila Valqueire, ambos na Zona Oeste do Rio, um imóvel em São Paulo, uma sala comercial em Copacabana, além de alguns carros e direitos autorais.

Homem morre e cachorro de rua se despede dele lambendo caixão

Homem morre e cachorro de rua se despede dele lambendo caixão — ele o alimentava

Objetos clássicos dos anos 90

19 Objetos clássicos dos anos 90