Irite
Crédito: Freepik
em

Irite: saiba o que é, sintomas, causas e tratamento

Assim que tiver sintomas, vá ao médico para tratar antes que seja tarde

Publicidade

É chamada de irite a inflamação na parte interna do olho, podendo gerar dor, vermelhidão no globo ocular, sensibilidade à luz, visão turva e lacrimejamento.

Quando ocorre só na parte da frente do olho, é chamada de uveíte anterior. Quando atinge a parte de trás, chama-se uveíte posterior. Nesse caso o problema é mais grave, pois pode resultar em uma perda significativa da visão.

Causas da irite

A irite ocorre, principalmente, em adultos com idade entre 20 e 50 anos, mas também em crianças. Os motivos podem ser:

Publicidade
  • Trauma no olho
  • Queimadura por produto químico
  • Doença autoimune
  • Infecção por vírus, bactéria ou parasita
  • Inflamação das articulações
  • Tendinite
  • Distúrbio inflamatório na coluna vertebral

Além disso, pode ser uma predisposição genética que, nesse caso, é mais comum nas mulheres. Ainda assim, existem casos em que a origem é desconhecida.

Sintomas de irite

Geralmente, os pacientes com irite procuram o médico oftalmologista quando sentem:

  • Dor
  • Vermelhidão
  • Visão turva
  • Alguma outra alteração na visão
  • Lacrimejamento excessivo
  • Sensibilidade à luz
  • Sensação de corpo estranho dentro do olho

Mas, é importante saber que nem sempre a irite causa esses sintomas, e acaba passando despercebida até que resulte em danos irreversíveis à visão.

Publicidade

Quando ir ao médico?

Ao perceber algum dos sintomas mencionados acima é importante ir logo ao médico oftalmologista, que é o especialista em olhos. Mas, como nem sempre vão surgir sintomas, é bom ir ao médico pelo menos uma vez por ano para fazer exames de rotina. Assim, se ele perceber que o paciente tem irite, já pode iniciar um tratamento antes que a visão seja afetada de forma permanente.

Tratamento

O médico irá prescrever o tratamento mais adequado depois de avaliar o paciente e descobrira causa e a gravidade da inflamação. De modo geral, o tratamento visa aliviar a dor e prevenir lesões.

Pode envolver, por exemplo, colírios anti-inflamatórios ou pomadas sem cortisona. O médico também vai orientar que o paciente faça uma limpeza correta do olho e que o proteja da luz, do calor e da poeira para que cicatrize conforme o esperado.

Publicidade
Dependência emocional nas crianças

Dependência emocional nas crianças: até que ponto faz bem?

Crianças que dormem com os pais

Crianças que dormem com os pais: como tirar esse hábito?