em

Homem sofre AVC ao lavar o cabelo no salão e é indenizado

Salão foi obrigado a indenizar cliente que teve AVC causado pela cadeira de lavar o cabelo.

Dave Tyler sofreu um Acidente Vascular Cerebral algum tempo após sua ida ao cabeleireiro. Os especialistas afirmaram que ele sofreu da síndrome do cabeleireiro, sendo assim indenizado em 90.0000 libras esterlinas, algo em torno de 380.000 reais.

O incidente ocorreu durante uma reunião de trabalho, onde Dave é engenheiro de som. Ele começou a sentir uma dor de cabeça muito forte e acabou desmaiando. Já no hospital, perguntaram para ele se havia cortado o cabelo a pouco tempo, chegando facilmente ao diagnóstico.

Ele cortou o cabelo na rede Headmasters em Brighton, Inglaterra, que não ofereceu a proteção correta ao lavar os cabelos do cliente, sendo obrigada a indenizá-lo. Segundo Dave, colocaram apenas uma camada de toalha como amortecimento.

Síndrome do salão de beleza ou síndrome do cabeleireiro

Faz mal lavar os cabelos no salão?

Especialistas afirmam que a hipertensão da região do pescoço durante a lavagem acabou causando uma lesão arterial, cuja cicatrização acabou criando um coágulo.

Se não há proteção, o risco existe. O correto seria uma cadeira com bom apoio cervical e bem mais horizontalizada. Mas não se preocupe que é uma síndrome muito rara, sendo mais apresentada em idosos.

Como acontece a síndrome do cabeleireiro?

Após a formação de um coágulo, a partir da pressão excessiva sobre a artéria, ele pode se despedaçar em outros menores, se conduzindo para outras partes do corpo, causando sérios problemas como a embolia pulmonar, se for para o pulmão ou AVC, que foi o que aconteceu com Dave.

Sintomas da síndrome do salão de beleza

Ela pode se manifestar de várias formas, mas a principal é o AVC. Seus sintomas são dor de cabeça intensa, seguida de desmaios.

Dave afirmou ter perdido a coordenação motora e capacidade de falar normalmente, como se a fala estivesse mais lenta, arrastada.

Visão dupla, soluço, falta de sensibilidade ao toque, temperatura e dor também são característicos. Dave sentiu como se um lado do corpo estivesse sem vida, perdendo inclusive a capacidade de engolir, o que lhe rendeu uma pneumonia, ao tentar ingerir um copo de água e aspirar, engasgando.

Tratamento

Depois de 3 meses internado, Dave teve alta em uma cadeira de rodas. Hoje, após muito esforço e apoio de fisioterapeutas, ele anda com as muletas, sentindo porém muita dor. Mas o pior é que ele não poderá mais dirigir, mesmo que recupere o movimento total, pois sua visão foi afetada irreparavelmente.

Como evitar

A síndrome do salão de beleza é muito raro, mas não custa tomar as devidas precauções. Peça sempre uma camada de toalhas de proteção a mais e evite esticar muito o pescoço ao lavar os cabelos. Se tiver na sua cidade algum salão com cadeiras horizontais, vale a pena investir nele.

Gostou das dicas? Compartilhe!

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

19 Comments Leave a Reply
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

Não lave esses alimentos antes de cozinhar!
Alimentos que melhoram a saúde da área genital feminina